Rivais políticos, Catar e Arábia Saudita disputam eleição para ser sede dos Jogos Asiáticos de 2030 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Rivais políticos, Catar e Arábia Saudita disputam eleição para ser sede dos Jogos Asiáticos de 2030

Compartilhe
Estádio Khalifa, palco principal da Copa do Mundo FIFA de 2022 (Foto: Associated Press)
A 21ª primeira edição dos Jogos Asiáticos acontecerá no Oriente Médio. O Conselho Olímpico da Ásia (OCA) anunciou que Doha, no Catar, e Riad, na Arábia Saudita, foram as duas únicas cidades a enviar propostas oficiais, dentro do prazo estipulado pela entidade, manifestando o desejo de sediar o evento multi-esportivo em 2030.

O presidente da OCA, Sheikh Ahmad Al-Fahad Al-Sabah, celebrou a recepção das candidaturas dos dois países. “A OCA está encantada por receber duas fortes ofertas para os Jogos Asiáticos em 2030", disse ele em comunicado emitido pela entidade continental na quinta-feira, 23.

"Isso mostra a confiança no Movimento Olímpico da Ásia e aprimora ainda mais nossa reputação de sediar eventos esportivos a nível mundial em grande escala", completou.

Doha sediou os Jogos Asiáticos em 2006, enquanto a Árabia Saudita jamais organizou competições poliesportivas da OCA. A eleição para a definição da cidade-anfitriã de 2030 será em novembro deste ano.

A última edição dos Jogos Asiáticos, em 2018, teve Jacarta, na Indonésia, como sede. Hangzhou, na China, será sede em 2022, enquanto Aichi-Nagoya, no Japão, receberá o evento em 2026.

Tensões
Apesar da Arábia Saudita ser o único país que faz fronteira territorial com o Catar, os dois países não se entendem. Desde 2017, as potências orientais tem laços políticos, comerciais e de transporte rompidos. A Arábia Saudita, assim como outros países da região, como Bahrein, Egito e Emirados Árabes Unidos, acusa o Catar de apoiar o terrorismo local, entre outras coisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário