Recurso de atletas russos banidos do bobsled será julgado pelo CAS no dia 23 de abril - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Recurso de atletas russos banidos do bobsled será julgado pelo CAS no dia 23 de abril

Compartilhe

A Corte Arbitral de Esportes, (sigla em inglês, CAS) ouvirá os apelos de quatro atletas russos contra seus respectivos banimentos por dois anos, emitidos pela Federação Internacional de Bobsled e Skeleton no dia 23 de abril, bem como o apoio da Agência Mundial Antidopagem (sigla em inglês, WADA) à ampliação das sanções aplicadas.

Entre os atletas punidos, está o ex-bobsledder, Alexander Zubkov, que até 2019 era presidente da Federação Russa da modalidade, decidindo abandonar o cargo por causa do banimento. Foram punidos também os atletas Alexander Kasjanoc, Aleksei Pushkarev e Ilvir Khuzin. Todos eles lançaram seus apelos ao CAS em fevereiro de 2019.

Os banimentos foram aplicados depois dos quatro atletas estarem envolvidos no escândalo de doping durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, realizados em Sochi, na Rússia. 

Zubkov liderou a equipe principal da Rússia na conquista das medalhas de ouro no bobsled em duplas e em quartetos, enquanto os outros três atletas competiram juntos no segundo time russo, que terminou em quarto lugar. Posteriormente, as equipes foram desclassificadas pelos crimes de doping e as medalhas foram retiradas.

As audiências serão realizadas pelo CAS de acordo com diretrizes de emegências emitidas pelo Conselho Internacional de Arbitragem para o Esporte no mês passado, em resposta à pandemia de coronavírus, garantindo assim  a segurança da saúde das pessoas envolvidas. Além disso, não será feita nenhuma audiência presencial antes de 1º de maio. 

"Dependendo das circunstâncias de cada caso individual, os árbitros e as partes são incentivados a realizar audiências por videoconferências ou cancelá-las", afirmou a CAS. 

Foto: AP/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário