Pau Gasol sonha em jogar quinta Olimpíada e declara: "Estou trabalhando muito para continuar" - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pau Gasol sonha em jogar quinta Olimpíada e declara: "Estou trabalhando muito para continuar"

Compartilhe

Um dos pilares da seleção espanhola de basquete neste século, o pivô Pau Gasol declarou em entrevista ao Olympic Channel que espera estar em forma, após lesão no pé, para jogar sua quinta Olimpíada. A decisão viria inspirada nos profissionais de saúde que lutam diariamente no combate ao coronavírus. Em 2021, Gasol completará 41 anos.

Três vezes medalhista olímpico, Gasol ajudou a Espanha na busca do título mundial inédito em 2006, mas ficou de fora da conquista do bicampeonato, ano passado. Agora, o pivô espera recuperar a boa forma para reivindicar um lugar na equipe. 

"Agora tenho mais tempo para me recuperar, mas terei que jogar competitivamente para chegar ao verão de 2021 em alto nível e poder competir e ajudar meu país. Não seria nada mal. Mas a verdade é que no verão terei 41 anos, o que é um desafio. É algo que me motiva, por eu ser sempre ambicioso. Ainda desejo muito jogar minha quinta Olimpíada e provavelmente esse seria meu último torneio", afirmou Gasol. 

O atleta ainda comentou que apesar de não achar que existam finais perfeitos, ganhar uma medalha de ouro olímpica seria a melhor maneira possível de se imaginar o fim da carreira. "Mas a vida não é perfeita. E então você tem que lidar com o modo como as coisas vêm e vão", completou. 

Gasol disse também, que entenderá, caso não consiga voltar a seleção espanhola para a disputa dos Jogos. "Durante todo o processo de reabilitação, lesão, re-lesão e cirurgias, eu aceitei o fato de que se não tivesse chance de jogar de novo, tinha feito uma carreira incrível, então eu serei feliz independentemente. E se eu puder jogar um pouco mais é porque estou trabalhando duro para continuar jogando e gostando do jogo, que eu amo um pouco mais e será ótimo", declarou.

Foto: AFP

O basqueteiro apontou que sua maior inspiração para tentar jogar a quinta Olimpíada são os profissionais de saúde, empenhados na batalha contra o coronavírus. "Muitas pessoas me inspiram agora. Profissionais de saúde, socorristas, enfermeiras, médicos, todos trabalhando muito duro agora, são extremamente inspiradores. Pessoas que trabalham noite e dia colocando-se em risco visando o melhor ao próximo, à sociedade, aos seus países e suas comunidades. Fazer tudo que puder para contribuir com algo maior que você, isso é realmente inspirador para mim".

Ao ser questionado sobre também ser alguém que inspira muitas pessoas, Gasol afirmou ser um "presente maravilhoso" e que considera uma responsabilidade importante, apesar de não levar isso como pressão. "Acho que isso faz parte da jornada da vida. Adquirimos conhecimento, adquirimos experiência, crescemos como pessoas. E depois compartilhamos e retribuímos", reiterou.

Apesar de ser bicampeã mundial de basquete, a Espanha nunca conquistou uma medalha de ouro olímpica, sendo vice-campeã em 1984, 2008 e 2012, além de ter ganhado a medalha de bronze, na Rio 2016. 

Foto: Timothy A. Clarck/AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário