FIBA espera déficit em 2020 devido pandemia de coronavírus - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

FIBA espera déficit em 2020 devido pandemia de coronavírus

Compartilhe

A Federação Internacional de Basquete (FIBA) espera um déficit em 2020 causado pela pandemia de coronavírus e consequentemente o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para o ano que vem. Entretanto, a entidade recusou informar qual seria o valor exato da escassez. 

"O tamanho do déficit dependerá da evolução da pandemia, sua profundidade e a duração do impacto que causará sobre nossos parceiros", afirmou o porta-voz da FIBA. "Mas claramente esperamos enfrentar um fluxo de caixa reduzido". 

O porta-voz da FIBA disse ainda que a entidade está promovendo ações mesmo com a paralisação do esporte no mundo e informou que alguns funcionários tiveram contratos suspensos. "Um grupo muito pequeno de funcionários, aqueles que trabalham diretamente com funções que foram afetadas pela pandemia, tiveram seus contratos suspensos. Mas mesmo com a paralisação, mantivemos nossas atividades de desenvolvimento e estamos enfatizando nossa oferta por meio de atividades digitais", declarou. 

Os Jogos Olímpicos têm 33 federações internacionais filiadas, sendo que 28 delas deverão enfrentar problemas financeiros em 2020. Elas recebem grande apoio do Comitê Olímpico Internacional (COI) que deve atrasar pagamentos por causa do adiamento da Olimpíada.

A distribuição de dinheiro feita pelo COI segue uma hierarquia. As federações são separadas em cinco grupos e cada um deles recebe valores diferentes. A FIBA está no segundo grupo, junto à federação de ciclismo, vôlei, futebol e tênis, que recebem cerca de US$ 25 milhões. 

O problema é que a FIBA receberia a maior parte de seu pagamento em setembro, logo após os Jogos Olímpicos. O COI informou que mantém conversas com as federações sobre o apoio financeiro e a dificuldade que cada uma enfrenta.

Foto: Richard Julliart/FIBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário