Djokovic mantém dúvida sobre obrigatoriedade de vacina contra coronavírus e afirma explorar outras opções - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Djokovic mantém dúvida sobre obrigatoriedade de vacina contra coronavírus e afirma explorar outras opções

Compartilhe

O tenista dezessete vezes campeão de Grand Slam, Novak Djokovic, soltou um comunicado na última segunda-feira (20), no qual mantém suas dúvidas sobre a obrigatoriedade de uma vacinação para que os atletas possam voltar a viajar pelo mundo disputando o circuito mundial do tênis.

"Não sou especialista, mas quero ter a opção de escolher o que é melhor para o meu corpo", disse Djokovic. "Estou com uma mente aberta e continuarei pesquisando sobre esse tópico, porque é importante e afetará todos nós".

No comunicado, o tenista sérvio não quis estender-se na discussão sobre ser contra vacinas, enaltecendo que manteria a mente aberta e buscaria outras possibilidades além da vacinação, não descartando a aceitação de uma, se for necessário. 

"Para ser sincero, assim como o resto do mundo, estou um pouco confuso. Apesar de ter acesso a informações e recursos, tenho dúvidas sobre o que poderia ser a melhor coisa a se fazer", acrescentou Djokovic. O tenista não deixou claro quais seriam as outras opções pesquisadas. 

Em comentários feitos durante uma live com atletas sérvios, divulgado pela agência de notícias Reuters, Djokovic afirmou que é contra a vacinação obrigatória para que tenistas possam viajar e reiterou o fato de não saber se mudará de ideia. "Tenho meus próprios pensamentos sobre o assunto e se esses pensamentos mudarão em algum momento, eu não sei". 

No bate-papo com os atletas sérvios, Djokovic disse ainda que estava interessado em enfatizar maneiras de ajudar as pessoas a aumentar a imunidade no combate ao coronavírus e outras doenças, e em seu comunicado, seguiu a mesma linha de pensamento. 

"Estou curioso sobre o bem-estar e como podemos capacitar nosso metabolismo para estar na melhor forma de defesa contra os vírus, como o Covid-19", completou o atleta.

Foto: Danielle Parhizkaran/USA Today Sports 

Nenhum comentário:

Postar um comentário