Combate ao coronavírus pode ser incluído na cerimônia de abertura dos Jogos de Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Combate ao coronavírus pode ser incluído na cerimônia de abertura dos Jogos de Tóquio

Compartilhe

Responsável pelo adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o coronavírus deverá aparecer nas cerimônias de abertura e de encerramento do megaevento no próximo ano. O presidente do Comitê Organizador de Tóquio-2020, Yoshiro Mori, manifestou seu desejo de inserir uma mensagem de combate à pandemia durante as celebrações.


"Se os Jogos de Tóquio poderem ser realizados será a prova de que conseguimos superar um dos maiores desastres que a humanidade já encarou. Nos foi dado uma missão muito desafiadora", disse Mori em entrevista ao portal japonês Kyodo

Segundo o presidente, todos os preparativos para as cerimônias já haviam sido finalizados antes dos Jogos serem adiados, mas precisarão ser revistos. Ele solicitará à equipe criativa a inclusão de referências à batalha mundial contra a pandemia.

No final de março, o produtor executivo da abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, Marco Balicia, já havia dito que pandemia poderia ser citada durante a cerimônia, que está datada para 23 de julho de 2021. O encerramento dos Jogos de Tóquio está datado para 8 de agosto.

Reorganizar as cerimônias será um dos menores problemas para o Comitê Organizador, que ainda precisa rever os contratos com as arenas esportivas e com a Vila Olímpica, além de verificar as contas adicionais geradas pelo adiamento. Um comitê de condução foi criado juntamente com o COI exclusivamente para a situação.

Foto: Kyodo

Nenhum comentário:

Postar um comentário