Acusado de corrupção, membro do COI é impedido de deixar a Argélia - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Acusado de corrupção, membro do COI é impedido de deixar a Argélia

Compartilhe

Mustapha Berraf, chefe da Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais da África (ANOCA),  foi acusado de corrupção e de "gastar inadvertidamente dinheiro público" quando foi Presidente do Comitê Olímpico Argeliano (COA).

De acordo com o jornal Le Soir d'Algérie, o Procurador-Geral de Bir Mourad Rais, subúrbio da capital Algers, proibiu o dirigente de 66 anos de sair do país "após uma investigação de suspeitas de corrupção entro da COA", em uma decisão judicial de 8 de março.

O Presidente do Comitê Olímpico de Libéria Philipbert Browne pediu uma investigação da ANOC sobre Berraf, que pediu demissão do posto de Presidente do COA. Segundo o site Inside the Games, ele continua a representar a organização, inclusive numa videoconferência que o COI manteve com os Comitês Olímpicos Nacionais do continente africano.

Foto: Africa Foot United

Nenhum comentário:

Postar um comentário