Remadora britânica pode voltar a sua carreira de médica na luta contra o coronavírus - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Remadora britânica pode voltar a sua carreira de médica na luta contra o coronavírus

Compartilhe

A remadora britânica Polly Swann (quarto da direita para a esquerda), que buscava brigar pelo pódio nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, agora pode voltar à sua carreira como médica e se juntar à guerra contra o coronavírus. Swann foi medalhista de prata por equipes no Rio 2016 e pretendia encerrar sua carreira no esporte no Japão este ano.

No entanto, com os Jogos adiados para o próximo ano devido à pandemia de coronavírus e Swann está pensando em retornar à profissão médica. "Sinto-me realmente em conflito com a coisa toda", disse a esportista de 31 anos ao jornal britânico Times. “Sinto realmente em um impasse (para começar a trabalhar no NHS). Não sou essencial para o NHS, mas poderia ajudar."

“Eu vejo meus amigos e tenho membros da família que trabalham no NHS e há uma sensação real de que eles estão se unindo para fazer esse trabalho extraordinário que é incrivelmente altruísta" acrescentou a remadora. "As pessoas que estão trabalhando em turnos ridículos e lidando com o fato de não terem equipamento de proteção suficiente e se exporem, considero isso fenomenal".

Até a publicação dessa matéria, 590.299 casos foram confirmados com quase 27.000 mortes em todo mundo "Ninguém tem uma bola de cristal para saber como será o próximo ano", disse Swann. “Nós não recebemos uma vacina. Há coisas que são mais importantes do que ir aos Jogos Olímpicos.”

Swann acredita que os Jogos reorganizados representarão "mais do que apenas o esporte", um sentimento compartilhado por sua colega de equipe no Rio Melanie Wilson, que agora é médica. “Mel foi realmente útil. Ela disse que as Olimpíadas não são apenas um objetivo egoísta ”, acrescentou Swann. “As Olimpíadas e o esporte trazem muito à sociedade. Ela me disse para não desistir do meu sonho."

Foto: Murad Sezer / Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário