Pré-Olímpico de Boxe Ásia/Oceania define primeiras 44 vagas para 12 países mas campeã mundial é eliminada - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pré-Olímpico de Boxe Ásia/Oceania define primeiras 44 vagas para 12 países mas campeã mundial é eliminada

Compartilhe

Centenas de boxeadores de toda Ásia e Oceania foram para Amã, Jordânia, em busca de 63 vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio: 41 homens e 22 mulheres. Como todas categorias garantem ao menos quatro vagas, as quartas-de-finais disputadas neste domingo e segunda garantiram as primeiras 52 vagas para o continente. Nas categorias com mais de 4 vagas oferecidas, os perdedores voltam na quarta-feira para as disputas das últimas vagas.

12 países da Ásia e 2 da Oceania já garantiram vaga, com destaque para Cazaquistão e Índia, com oito atletas. Os donos da casa garantiram cinco nomes no Japão. Tajiquistão, em busca de sua primeira vaga nos Jogos terá três boxeadores nas repescagem. A surpresa geral ficou por conta da queda da filipina Nesthy Petecio, campeã mundial de um país que ainda sonha com seu primeiro ouro olímpico. Vamos ao resumo por categoria:

52kg masculino

Cabeça 1 e Vice-campeão no Mundial de 2019, Amit Panghal (IND) venceu Carlo Paalam (PHI) por 4x1 e enfrenta na semifinal Hu Jianguan (CHN), medalhista de bronze no Rio-2016, que derrotou o cazaqui Saken Bibossinov (KAZ), cabeça 4, por 5 a 0.

Thitisan Panmot (THA) garantiu vaga com vitória sobre Alex Winwood (AUS) por 5x0, enquanto o campeão olímpico e mundial Shakhobidin Zoirov (UZB) venceu por unanimidade o confronto diante de Omid Ahmadi Safa (IRI), sendo um dos principais candidatos ao título.

Enquanto os semifinalistas já podem pensar em Tóquio, mais duas vagas estão em jogo: Bibossinov, medalhista de bronze no último Mundial, desafia Paalam enquanto Winwood luta contra Ahmadi Safa.

57kg masculino

Mirazizbek Mirzakhalilov, cabeça 1 e campeão mundial em 2019 garantiu vaga em Tóquio ao vencer Rex Tso (HKG) por 5 a 0. Nas semifinais ele enfrenta Serik Temirzhanov que contou com abandono de Danial Shahbakhsh (IRI). Nguyen Van Durong (VIE) garantiu sua vaga também após o árbitro interromper sua luta diante de Chatchai-decha Butdee, cabeça 3. Mohammad Al-Wadi fez a festa da casa ao vencer Ham Sang-myeong (KOR) por unanimidade.

Butdee, bronze no Mundial de 2013 tem chance de disputar sua terceira olimpíada diante de Ham, enquanto Rex Tso e Shahbakhsh também brigam por uma das seis vagas oferecidas pelo torneio para a categoria.

63kg masculino

Grandes zebras na categoria leve: Os dois principais cabeças de chave perderam nas quartas-de-final. Obada Al-Kasbeh venceu o cabeça 1 Obada Al-Kasbeh, que enfrenta na semi Zakir Safiullin (KAZ), algoz de Askhan Rezaei (IRI). Já o cabeça 2, Harrison Garside (AUS) perdeu por 4 a 1 para Elnur Abduraimov (UZB), medalhista de bronze no Mundial de 2015. Seu adversário na semi é Baatarsükhiin Chinzorig (MGL), que venceu por 3 a 2 Manish Kaushik (IND).

Usmonov tem mais uma chance olímpica diante de Rezaei, enquanto Garside desafia Kaushik pela vaga.

69kg masculino

Vice-líder mundial Bobo-Usmon Baturov (UZB), cabeça 1, venceu Qion Maimaitituersun (CHN) e garantiu sua vaga. Ele enfrenta Zeyad Ishaish (JOR) que derrotou Marion Faustino Ah Tong (SAM).

O cabeça 2 e duas vezes medalhista de bronze em Mundial, Ablaikhan Zhussupov (KAZ) derrotou Wuttichai Masuk (THA) e enfrenta na semifinal Vikas Krishan Yadav (IND), algoz de Sewon Okazawa (JPN).

A quinta vaga fica entre Qiong, que venceu Ah Tong por 5-0, e Sewon, que derrotou Masuk pro 4-0.

75kg masculino

Vice-campeão mundial, Eumir Marcial (PHI) segue sonhando em dar o primeiro ouro olímpico para seu país ao vencer Otgonbaataryn Byamba-Erdene (MGL). Ele enfrenta agora Ashish Kumar, que se garantiu em Tóquio ao vencer Michael Roberrd Muskita (INA). No lado inferior da chave, o cabeça 2 Shahin Mousavi (IND) foi surpreendido pelo chinês Tanglatihan Tuohetaerbieke por 3-2. Abilkhan Amankul (KAZ) é o quarto semifinalista ao vencer Fanat Kakhramonov (UZB).

Na repescagem, Mousav venceu Kakhramonov por 4-1 e enfrenta Otgonbaataryn pela última vaga.

81kg Masculino

Bekzad Nurdauletov, Campeão Mundial e cabeça 1 fez valer seu favoritismo e venceu Shabbos Negmatulloev (TJK) e enfrenta Odai Al-Hindawi (JOR), que aproveitou a disputa em casa para vencer Jakkapong Yomkhot (THA) por 5 a 0. No lado embaixo da chave Paulo Aokuso (AUS) e Chen Daxiang (CHN) se garantiram na Olimpíada ao vencer, respectivamente, Nguyen Manh Cuòng (VIE) e Sachin Kumar (IND) por 5-0 e 3-2. 

Negmatulloev tenta dar a primeira vaga olímpica ao Tajiquistão mas precisa vencer dois confrontos: diante de Yomkhot e contra o vencedor de Kumar e Cuòng, na repescagem pela quinta vaga olímpica para a região.

91kg masculino

Medalhista de prata após uma final controversa nos KJogos do Rio-2016 e medalhista de bronze nos Mundiais de 207 e 2019, Vassiliy Levit (KAZ) foi assegurado que vai tentar subir no lugar mais alto do pódio e alcançar a glória olímpica. Ele derrotou Davlat Boltaev (TJK) e fez juz a ser cabeça número 1. Ele enfrenta na semifinal Hussein Ishaish (JOR) que com o apoio da torcida venceu Ato Plodzicki-Faoagali (SAM).

Sanjar Tursunov (UZB) também estará em Tóquio, após vencer Toufan Sharifi (IRI) por 5 a 0, assim como David Nyika (NZL), que bateu Alaa Aldin Ghousoon (SYR) pelo mesmo placar. 

Como a categoria só disponibiliza 4 vagas para a Ásia e Oceania, os perdedores terão que disputar o Pré-Olímpico Mundial para ter chances.

Acima de 91kg masculino

A zebra passou longe da categoria, que também só oferece quatro vagas e os quatro cabeças de chave se garantiram nas semifinais e nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Atual campeão mundial e principal favorito, Bakhodir Jalolov (UZB) venceu Danis Latypov (BHR) e enfrenta Satish Kumar (IND), algoz de Daavii Otgonbayar (MGL), na semifinal. Em duelo de boxeadores da Oceania, o medalhista de bronze do Mundial de 2019 Justin Huni (AUS), venceu Leuila Mau'ru (NZL) por 5-0, enquanto o Vice-Campeão Mundial de 2017 e 2019 Kamshybek Kunkabayev derrotou Aihemaiti Maimaiti (CHN) pelo mesmo placar.

51kg feminino

Única categoria de boxe feminino disputada em Amã que oferece uma redenção às derrotadas nas quartas-de-final , já que são seis vagas olímpicas em disputa, garantiu as duas principais cabeças em Tóquio.

Huang Hsiao-wen (TPE), Campeã Mundial em 2019 derrotou Tursunoy Rakhimova (UZB) e enfrenta na semifinal Tsukimi Namiki (JPN), que venceu Jutamas Jitpong (THA) por 5 a 0.

A estrela indiana Mary Kom, campeã mundial seis vezes entre 2002 e 2018 - além de ter levado o bronze no Mundial de 2019 - e medalhista de bronze em Londres-2012 buscará sua segunda medalha olímpica após derrotar Irish Magno (PHI). Ela enfrenta nesta terça-feira pela semifinal Chang Yuan que derrotou Sumaiya Qosimova (TJK) por 5-0.

Pela repescagem olímpica, Rakhimova enfrenta Jitpong, enquanto Qosimova luta contra Magno, lembrando que Tajiquistão ainda não tem vaga olímpica garantida.

57kg feminino

O nocaute na torcida filipina e nas previsões olímpicas aconteceu nesta categoria: Nesthy Petecio, Campeã Mundial em 2019 e postulante ao primeiro Ouro das Filipinas perdeu por 4 a 1 para Sena Irie (JPN) e agora precisará disputar o forte Pré-Olímpico Mundial para tentar a vaga olímpica, mesmo destino de uma forte rival do continente.

A queda de Petecio acabou ofuscando o confronto mais esperado das quartas, que aconteceu nesta categoria: A Campeã Mundial em 2018 não deu chance ao azar e venceu Yin Junhua (CHN), medalhista de prata nos Jogos do Rio, por 5-0 e enfrenta na semifinal Skye Nicolson (AUS), medalhista de bronze no Mundial de 2016. A quarta vaga olímpica ficou com Im Ae-ji (KOR) ao vencer Sakshi Chaudhary (IND) por 5 a 0.

60kg feminino

Principal cabeça de chave, Anja Stridsman (AUS) perdeu para Oh yeon-ji (KOR). Com a vaga em Tóquio assegurada, Oh enfrenta na semifinal Sudaporn Seesondee, vice-campeã mundial em 2018 e medalhista de bronze em 2014 e que derrotou Raykhona Kodirova (UZB) por 5-0.

Medalhista de bronze do Mundial de 2018, Simranjit Kaur (IND) está garantida na Olimpíada ao vencer Monkhoryn Namuun (MGL) por 5 a 0. Wu Shih-yi (TPE) venceu Riza Pasuit e também está nas semifinais do Pré-Olímpico e em Tóquio.

69kg feminino

Campeã Mundial, Chen Nien-chin (TPE) derrotou Shinetsetseg Uranbileg (MGL) por 5 a 0 e enfrenta nas semifinais Baison Manikon (THA), que surpreendeu Kaye Scott (AUS), vice-campeã mundial em 2016, por 3-2. 

Medalhista de bronze no Mundial de 2018 e 2019, Lovlina Borgohain (IND) venceu Maftunakhon Melieva (UZB) por 5-0 e disputa a semifinal contra Gu Hong (CHN), que derrotou Valentina Khalzova (KAZ).

75kg feminino

Com quatro vagas em jogo, a cabeça 1 na Jordânia e medalhista dos Jogos Olímpicos de Rio, Li Qian tentará subir mais dois degraus em Tóquio e garantiu sua vaga ao derrotar Myagmarjargal Munkhbat (MGL) por 5-0 em sua estreia na competição e desafia na semifinal Pooja Rani (IND), algoz de Pornnipa Chutee (THA).

Nadezhda Ryabets (KAZ) e Caitlin Parker (AUS) também garantiram vagas nos Jogos Olímpicos, com vitórias por 5 a 0 sobre Nguyen Thi Huong (VIE) e Seong Su-yeon (KOR), respectivamente. A atleta do Vietnã foi medalhista de bronze no último mundial da categoria.


Fotos: Olympic Channel

Nenhum comentário:

Postar um comentário