Ex-presidente da AIBA renuncia ao cargo de membro do COI sob orientação médica - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Ex-presidente da AIBA renuncia ao cargo de membro do COI sob orientação médica

Compartilhe

O ex-presidente da Associação Internacional de Boxe (AIBA), Ching Kwo Wu, renunciou ao cargo de membro do Comitê Olímpico Internacional (COI), sob orientação médica. A decisão de Wu de abandonar sua posição no COI encerra uma associação de quase 30 anos com o órgão, que agora tem exatamente 100 membros.

A autoridade taiwanesa de 73 anos de idade, que renunciou ao cargo de presidente da AIBA em novembro de 2017, após uma disputa prolongada com o órgão governamental problemático, tornou-se membro do COI em 1988. Wu, um ex-membro do Conselho Executivo, se candidatou para ser presidente do Comitê em 2013, mas foi eliminado na primeira rodada de votação na sessão em Buenos Aires.

O executivo iniciou a construção de vários museus olímpicos e participou de inúmeras comissões do COI durante sua carreira em diversas áreas administrativas do esporte. Wu atuou como Presidente da AIBA por 11 anos, a partir de 2006, até deixar o cargo após o que foi descrito como um acordo amigável com a organização para resolver problemas de gerenciamento no corpo governante mundial.

Em comunicado publicado nesta terça-feira (17), o Comitê demonstrou sua gratidão por todos serviços prestados pelo taiwanês. "O COI gostaria de agradecer ao Sr. Wu por todos os serviços prestados aos esportes olímpicos e ao Movimento Olímpico ao longo de tantos anos, e deseja a ele tudo de bom para sua saúde e sua vida privada e profissional."

Wu atuou no Conselho Executivo do COI por cinco anos entre 2012 e 2017 e também como ex-vice-presidente da Associação das Federações Olímpicas de Verão. Ele fez parte das comissões de coordenação de Pequim 2008, Rio 2016 e Pequim 2022 e presidiu a Comissão da Cultura e do Patrimônio Olímpico por quatro anos.

Foto: Osman Karimov/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário