Definida a seleção do Brasil para as disputas internacionais de Canoagem Slalom - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Definida a seleção do Brasil para as disputas internacionais de Canoagem Slalom

Compartilhe

Foram definidos os atletas que representarão o Brasil em competições internacionais, foram três dias de prova na Seletiva Nacional da Canoagem Slalom que aconteceu no Parque Radical de Deodoro no Rio de Janeiro, no último final de semana. Neste ano as atenções maiores estão para os Jogos Olímpicos, mas além dessa competição haverá disputas pelas cinco etapas da Copa do Mundo, Mundial Júnior & Sub-23 e Campeonato Pan-americano. Ana Sátila já estava com a vaga assegurada para Tóquio e Pedro Gonçalves confirmou sua ida neste fim de semana.

Pedro Gonçalves, atleta da APEN – Associação Pirajuense de Esportes Náuticos de Piraju/SP foi o mais rápido nos três dias de disputa, sua melhor descida foi no primeiro dia quando fez o tempo de 86.57 segundos. O atleta do K1 Masculino conseguiu garantir sua ida para Tóquio com esses resultados. Ele já havia garantido no ano passado a vaga olímpica para o Brasil e agora precisava definir sua ida.

“Esse campeonato foi um dos mais importantes, ao mesmo tempo que eu consegui a vaga no Mundial em La Seu d’Urgell eu precisava garantir a vaga na Seletiva. Eu estava focado ao mesmo tempo pensando nessa prova e também em Tóquio. Foi uma das minhas melhores seletivas, tive uma regularidade muito alta e saí agora aqui com a vaga olímpica, estou muito feliz”, fala.

Ana Sátila atleta do IMEL – Instituto Meninos do Lago de Foz do Iguaçu no Paraná também teve sua vaga assegurada para Tóquio disputou a Seletiva Nacional para garantir índice e representar o Brasil nas etapas das Copas do Mundo e conseguiu. “Não fiz uma preparação grande nesse campeonato, no final de tudo fiquei bem contente com o nível das meninas do Brasil, minha irmã (Omira) me deu um sufoco e eu fiquei muito feliz”, comenta.

No C1 e K1 Feminino além de Sátila, sua irmã Omira Estácia também vai competir nas Copas do Mundo neste ano, Omira também está classificada para o Mundial Sub-23 em ambas as categorias e também representará o Brasil no Campeonato Pan-americano.

Pelo K1 Masculino nas cinco etapas da Copa do Mundo o Brasil terá três atletas: Pedro Gonçalves (APEN), Mathieu Desnos (IMEL) e Guilherme Rodrigues (IMEL) que também será o atleta da categoria no Mundial Sub-23 ao lado de Murilo Sorgetz da Asteca – Associação Trescoroense de Canoagem de Três Coroas/RS.

A disputa do C1 Masculino continua em aberto para Tóquio, os atletas ainda buscam garantir a vaga e a última chance será no Campeonato Pan-americano no Rio de Janeiro no mês que vem. Estados Unidos e a Argentina serão os grandes concorrentes. Felipe Borges (IMEL) garantiu os melhores resultados na Seletiva Nacional e se consagrou como o atleta que irá representar o Brasil nas Copas do Mundo. Mas a vaga olímpica e a definição do canoísta que representará vai depender do Pan, o jogo está em aberto para Charles Corrêa (APEN) e Borges que está com uma ligeira vantagem porque atingiu o percentual estabelecido pelo comitê técnico.

No calendário internacional são cinco competições das Copas do Mundo, a primeira será em Ivrea na Itália entre os dias 05 a 07 de junho. A 2ª Etapa vai ser realizada em Pau na França nos dias 12 a 14 de junho, a 3ª Etapa será em Liptovsky Mikulas na Eslováquia entre 21 a 23 de agosto. A 4ª Etapa acontecerá em Praga na República Tcheca nos dias 18 a 20 de setembro e a última etapa da temporada será na Alemanha em Markkleeberg entre 24 e 27 de setembro.

O campeonato Pan-americano será no Rio de Janeiro no próximo mês de abril entre os dias 03 a 05, já o Mundial Júnior & Sub-23 será realizado na cidade de Tacen na Eslovênia nos dias 07 a 12 de julho.

Foto; Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário