Coluna Drop Shot - Calamidade Total - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Por Renato Toniol

Situação que vem se tornando dia após dia assustador para a população, o coronavírus vem causando adiamentos, e pior, cancelamentos em diversas modalidades esportivas, e com o tênis não poderia ser diferente.

O masters 1000 de Indian Wells, que teria início nesta quinta-feira, foi o primeiro grande evento cancelado, gerando revolta por parte de alguns tenistas, que alegavam terem recebido o anúncio somente através das redes sociais. Hoje foi a vez da organização do masters 1000 de Miami também anunciar cancelamento da edição 2020. Ou seja, já são dois torneios de enorme peso que foram extraídos do calendário.

E não parou por aí, já que a ATP também anunciou hoje que o circuito mundial de tênis está suspenso por pelo menos 6 semanas. Com tudo isso, algumas dúvidas ficam no ar, sendo a mais questionável, se haverá compensação dos pontos no ranking, o que gera das mais variadas opiniões entre os tenistas.

Agora, o mais alarmante de tudo, é percebermos que caso este vírus não seja controlado, até mesmo a realização dos próximos Grand Slams ficará comprometida, uma vez que Roland Garros está praticamente às portas, tendo início marcado para daqui há poucos mais de dois meses, além de Wimbledon, que se inicia poucas semanas após o torneio parisiense.

Em um ano em que se prometia a luta pelos maiores recordes do tênis masculino, um caso alarmante tem roubado a cena. O mais triste é imaginarmos que uma competição multi esportiva como os Jogos Olímpicos também corre sério risco de ficar de fora do calendário caso a situação não seja contornada.

Confesso que é uma situação complicada de emitir opinião, porém, entendo que a saúde e bem estar de todos devam ser tratadas sempre como prioridade, deixando de lado a ganância por lucros com vendas de bilheteria e cotas de TV, algo que pelo menos até o momento vem ocorrendo.

Resta a nós esperarmos, e torcermos para que este vírus seja controlado, e para que mais do que as competições esportivas retomem o seu rumo, mas também que a população global tenha paz, e que possam voltar às suas rotinas com a devida segurança.

Oremos... 

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário