Com uma a menos, Brasil cede empate ao Canadá e se despede do Torneio da França sem vitórias - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com uma a menos, Brasil cede empate ao Canadá e se despede do Torneio da França sem vitórias

Compartilhe

Após tropeços diante de Países Baixos e França, o Brasil se despediu do Torneio da França de Futebol Feminino com um empate amargo em 2 a 2 com o Canadá nesta terça-feira, 10. Os gols foram marcados por Marta e Ludmila, pelo lado do Brasil, e por Matheson e Beckie, do Canadá.

Jogando no Stade du Hainaut, em Valenciennes - com portões fechados devido ao surto epidêmico do novo coronavírus na Europa -, a equipe brasileira dominou as ações de boa parte da partida, abriu 2 a 0 no placar e tinha o jogo controlado, mas sofreu na reta final após Jucinara ser expulsa e cedeu o empate aos 42 minutos da etapa final.

Sob o comando de Pia Sundhage, foi o segundo encontro entre brasileiras e canadenses. No primeiro duelo, em novembro, a equipe verde e amarela goleou por 4 a 0, gols marcados por Chú, Formiga e Bia Zaneratto (duas vezes).

Tudo se encaminhava para uma nova vitória tranquila nesta terça, após o Brasil fazer dois gols na mesclada equipe canadense com menos de 20 minutos da primeira etapa. Marta e Ludmila balançaram as redes.  A Rainha fez seu primeiro gol na era Pia e foi muito participativa durante o jogo. Bia Zaneratto deu os dois passes para gol e chegou à marca de cinco gols e sete assistências com a sueca como técnica da seleção.

O Brasil controlou todo o primeiro tempo e quase foi para o intervalo com três gols de frente, não fosse a goleira Labbe, que fez uma bela defesa num cabeceio firme de Ludmila. Apesar do completo domínio, a seleção sofreu um primeiro revés ainda na etapa inicial: a goleira Bárbara sentiu uma lesão na coxa direita e Aline Reis entrou em seu lugar.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Heiner-Moller colocou suas melhores jogadoras em campo, incluindo Lawrence, Scott, Prince e Matheson. A equipe adversária apresentou uma leve melhora, apresentando raros perigos às brasileiras, que estavam a controlar o jogo.

Mas o que estava tranquilo, virou teste para cardíaco. Em um lance quase isolado aos 29 minutos, Prince fez uma bela jogadora no lado direito e cruzou para Matheson diminuir a desvantagem canadense. Logo no instante seguinte, após a saída de bola, Jucinara derrubou Schimidt na entrada da área e foi expulsa por ser última jogadora da defesa brasileira. 

A partir daí, o Brasil não saiu mais para o jogo e sofreu uma grande pressão. Por diversas vezes, as canadenses foram paradas por irregularidades no ataque pela árbitra ou bandeirinha. Após tanto insistir, o gol finalmente saiu aos 42 minutos, numa bola enfiada Scott, Beckie saiu na cara da goleira Aline e empurrou para o fundo das redes, deixando tudo igual e decretando o placar final da partida.

Os próximo compromissos da seleção brasileira de futebol feminino serão um amistoso contra Costa Rica e Estados Unidos, em 8 e 14  de abril. Os amistosos e o Torneio da França são preparatórios para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Foto: A2M/CBF



Nenhum comentário:

Postar um comentário