Nathalie Moellhausen chega às oitavas na Copa do Mundo de Espada em Barcelona; Estoniana e Coreia levam ouro - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Nathalie Moellhausen chega às oitavas na Copa do Mundo de Espada em Barcelona; Estoniana e Coreia levam ouro

Compartilhe
Katrina Lehis (EST) Em um dia iluminado, a 19ª melhor do mundo venceu a líder do ranking Ana Maria Popescu (ROU) por 14-9 na segunda rodada e Mara Navarra (ITA, 8ª) que havia sido vice-campeã do Grand Prix de Doha, nas quartas-de-final. Na semi ela venceu a russa Tatiana Gudkova (RUS) e foi campeã diante de Alexandra Louis Marie (FRA) por 15-10.

A campeã mundial e 6ª melhor do ranking da FIE, Nathalie Moellhausen, caiu nas oitavas de final da Copa do Mundo de Barcelona, disputada neste sábado (8) e terminou em 9º lugar. Ela venceu a chinesa Yu Sihan (197ª) por 15-7 e a russa Violetta Khrapina (89ª) por 14-12 antes de cair para Gudkova por 15-11. Gudkova dividiu a medalha de bronze com Kang Young Mi (KOR).

Com a campanha, que incluiu suas primeiras vitórias em uma competição de nível mundial após o título em Budapeste, recuperou uma posição no ranking e é a atual 5ª. 

Outras brasileiras disputaram a fase eliminatória na sexta-feira. Victoria Vizeu (182ª melhor do mundo), iniciou bem a Copa do Mundo de Barcelona, vencendo 4 de seus 6 jogos de poule. A atleta de apenas 15 anos perdeu para a xará norte-americana Victoria Mo (USA) por 15-13 no T256, primeira luta na fase preliminar eliminatória e terminou em 163º.

Amanda Netto Simeão (131ª) venceu 3 de duas 6 lutas iniciais, caindo em seguida diante da suíça Noemi Moeschlin (58ª) por 15/6, e ficou com a 169ª posição geral, enquanto Lorana Schwantes (sem ranking) obteve apenas 1 vitória, ainda que diante da 70ª melhor do mundo, Barbara Rutz (POL), sendo a 233ª melhor.

Netto Simeão perdeu uma posição no ranking geral, enquanto Vizeu subiu sete posições e é a atual 175º do ranking da FIE, empatada com Marcela Silva. Lorana Schwantes entrou no ranking na 424ª posição.


Coreia do Sul leva disputa por equipes


No mesmo dia que "Parasita", um filme sul-coreano, venceu quatro categorias principais no Oscar, quatro espadistas sul-coreanas garantiram o título para o país na disputa por equipes da Copa do Mundo. O triunfo neste domingo veio com vitória sobre a China na final por 39-34. O time de Song Sera, Choi Injeong, Kang Young Mi e Lee Hyein também venceu as antigas líderes do ranking, Polônia nas quartas por 27-26 em duelo válido pelas quartas-de-final. EUA ficou com a medalha de bronze, após vencer a Rússia. 

Com o resultado, a Coreia subiu da 7ª para a 6ª posição no ranking, enquanto a China passou a ser a nova líder, a frente de Rússia e Polônia, que amargou uma queda de duas posições.

O Brasil, então 17ª melhor equipe do mundo, não disputou o torneio por equipes. Além de perder uma posição para o Egito, abandona as chances já remotas de conquistar uma vaga olímpica continental que fica a espera do Canadá, se o EUA, atual 5º colocado no ranking mundial recuperar uma posição e levar uma das quatro vagas destinadas às melhores seleções do mundo.

Fotos: Eva Pavía/BizziTeam - FIE

Nenhum comentário:

Postar um comentário