Mundial de Vela (49er, 49erFX e Nacra): Dia 2- Duplas brasileiras se recuperam e garantem vaga na Flotilha de Ouro - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Mundial de Vela (49er, 49erFX e Nacra): Dia 2- Duplas brasileiras se recuperam e garantem vaga na Flotilha de Ouro

Compartilhe

O segundo dia foi de recuperação para as brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze, após um primeiro dia fraco no Mundial de 49erFX. O dia começou com uma vitória na quarta regata disputada nas águas de Geelong. A quinta rodada viu um quarto lugar para a dupla brasileira, seguido por um 13º. As atuais campeões olímpicas e vice campeões mundiais subiram para a nona colocação, com 34 pontos perdidos, já com um descarte. 

A liderança passou para a dupla britânica Charlotte Dobson e Saskia Tidey, com 9 pontos perdidos, dois a menos do que a espanhola Támara Echegoyen e Paua Barceló. A terceira posição está com as dinamaruesas Anne-Julie Schütt e Iben Nielsby, com 21 pontos perdidos. As atuais bicampeães mundiais Annemiek Bekkering e Annette Deutz (NED) se encontram apenas em 14º lugar. As 25 melhores duplas seguem para a Flotilha de Ouro que começa a ser disputada na noite desta quarta-feira (horário de Brasília).

Na categoria 49er, os brasileiros Marco Soffiatti Grael e Gabriel Borges também tiveram um bom dia e com um 5º, 14º e 6º lugar nas regatas disputadas garantiram uma vaga na flotilha de ouro. Os atuais campeões dos Jogos Pan-Americanos estão na 19ª classificação, com 39 pontos perdidos, mas apenas sete atrás da décima melhor dupla. 

Os atuais campeões olímpicos e cinco vezes campeões mundiais Peter Burling e Blair Tuke (NZL) tiveram um dia quase perfeito com duas vitórias e um terceiro lugar. Com 7 pontos perdidos, eles estão a frente de Benjamin Bildstein e David Hussl (AUT), com 9 e Diego Botin e Iago López Marra (ESP), com 10 pontos. Na 49er, os 25 melhores barcos também seguem para a flotilha de ouro. 

O mundial da categoria Nacra, que não conta com participantes brasileiros, também está sendo disputado em Geelong. John Gimson e Anna Burnet (GBR) seguem na liderança com 14 pontos perdidos, seguidos dos irmãos australianos Nathan e Haylee Outteridge, com 17 e de Quentin Delapierre e Manon Audinet (FRA), com 29. Os argentinos Santiago Lange e Cecilina Carranza, campeões olímpicos, estão em 8º lugar, com 45 pontos. 

Foto: Sailing Energy

Nenhum comentário:

Postar um comentário