Esgrima define primeiras vagas olímpicas em Copas do Mundo de Florete - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Esgrima define primeiras vagas olímpicas em Copas do Mundo de Florete

Compartilhe

EUA e Itália sairam com o ouro e carimbaram suas idas para Tóquio. As primeiras vagas da Esgrima nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 foram definidas neste fim-de-semana com as disputas das Copas do Mundo de Florete, em Cairo (masculino) e Kazan (feminino), última chance das equipes garantirem pontos no ranking até o dia 4 de abril, mesma data em que as oito vagas individuais adicionais serão definidas. 16 times de Florete se garantiram (8 no masculino e 8 no feminino), cada um com três atletas.

Na disputa de florete masculino por equipes, os EUA garantiram sua condição de ultrafavoritos com vitórias sobre Bélgica (45-23), Egito (45-24), Hong Kong (45-37) e Rússia (45-36) para levar o título. Hong Kong virou um jogo quase perdido (9-25; 34-40) para vencer a França por 45 a 44 para garantir o bronze, graças ao dia iluminado de Cheung Ka Long, responsável por 30 dos 45 toques.

Com o resultado, EUA, França, Itália e Rússia garantiram as vagas como quatro melhores seleções. Hong Kong (5º), Egito (8º), Alemanha (10º) e Canada (14º) ficaram com as vagas continentais. Cada país levará três atletas, que também competirão no torneio individual. A Coreia do Sul que chegou no Cairo em 4º lugar, caiu duas colocações, devido a uma derrota nas quartas-de-final para Hong Kong e ficou de fora das Olimpíadas. A Rússia subiu duas colocações dando liberando a vaga continental para a Alemanha.

O Brasil que perdeu para a Bélgica na primeira rodada por 45 a 33 para a Bélgica ficou em 17º lugar e se manteve em 16º no ranking. O país foi representado por Giovanni Franca, Pedro Marostega e Guilherme Toldo, responsável por 18 dos 33 toques do Brasil. A presença de Franca, de apenas 16 anos e de Marostega é um claro indício de renovação do time que ficou a meros 37 pontos do Canadá e da vaga olímpica e já começa a pensar em Paris-2024.

Florete feminino também define primeiros classificados

Na Copa do Mundo de Florete feminino em Kazan, as principais favoritas não aproveitaram o fator casa e foram surpreendidas nas quartas-de-final para a Polônia (42-41) e terminaram apenas em quinto lugar. Segunda melhor ranqueada, a Itália conseguiu o título com vitórias tranquilas sobre Uzbequistão (45-19 nas oitavas) Hungria (impressionantes 45-13 nas quartas), França (45-28 nas semi), antes de definir contra EUA (45-27). A medalha de bronze ficou para a França, que triunfou sobre a Polônia por 45-41. A derrota foi crucial para que a Polônia não conseguisse a vaga olímpica.

O resultado não alterou as principais colocações do ranking. Rússia, Itália, França e EUA garantiram as 4 vagas mundiais, enquanto Japão (5ª), Canadá (6ª), Hungria (7ª) e Egito (15ª) asseguraram as vagas com as disputas continentais. A Hungria ficou a apenas dois pontos a frente da Polônia, próxima seleção europeia e 9ª melhor do mundo. O Brasil não participou da prova por equipes e é a 17ª melhor seleção ranqueada.

Foto: FIE

Nenhum comentário:

Postar um comentário