Basquete feminino do Brasil perde para Austrália e está fora da olimpíada após sete participações seguidas




O Brasil precisava de um milagre, que era vencer a Austrália, atual vice-campeã do mundo para se garantir nos jogos olímpicos. Mas o milagre não veio e o basquete feminino do país está fora dos jogos olímpicos, o que não acontecia desde os jogos olímpicos de Seul em 1988.

A seleção começou fazendo uma partida equilibrada contra as australianas, que ficaram na frente em todo o primeiro tempo, mas não conseguia abrir uma grande diferença. Após dois quartos, as 'Opals' venciam por 39 a 33.

No terceiro quarto tivemos o melhor momento do Brasil, que diminuiu a vantagem australiana para um ponto.  Mas no último quarto, assim como no jogo contra Porto Rico, o apagão veio e a seleção não conseguiu mais manter a vantagem australiana baixa. Fim de jogo, Austrália 86 a 72.

Damiris foi a cestinha brasileira com 21 pontos, seguida por Tainá com 20 pontos e Érika com 17 pontos. Do lado australiano, Liz Cambage foi a cestinha com 30 pontos, Leilane Mitchell marcou 19 pontos e Bec Allen marcou 16 pontos.

Com a vitória, a Austrália carimbou o seu passaporte e o de Porto Rico, que vão disputar uma olimpíada pela primeira vez no basquete feminino. Já o Brasil, acumula mais um vexame após ficar de fora do mundial de 2018.

foto: FIBA/Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes