Africano de Handebol Masculino - Dia 6: Egito e Tunísia estão na final em jogo que define chances olímpicas para o Brasil



As duas potências do esporte confirmaram seu favoritismo e marcaram um lugar na grande final de domingo, em Ràdes na Tunís. Enquanto o Egito sofreu contra a Argélia vencendo por 30 a 27, a Tunísia passeou diante de Angola, marcando 39 a 23. Egito e Tunísia disputam o título e a vaga em Tóquio-2020 na no domingo, enquanto Argélia e Angola disputam o terceiro lugar e uma vaga no pré-olímpico mundial.

Com a vitória da Espanha sobre a Eslovênia hoje, o Egito garantiu vaga no pré-olímpico Mundial pela 8ª colocação obtida no Mundial da modalidade em janeiro de 2019. Se o país vencer os donos da casa, o Brasil obtém a vaga no Pre-Olímpico mundial; já se a Tunísia repetir o resultado de 2018, no qual venceu o Egito por 26 a 24 na final, o perdedor de Angola e Argélia também disputará uma vaga olímpica. 

Na disputa pelo quinto lugar, Marrocos ganhou de Gabão por 31 a 27 e o Cabo Verde passou pela República Democrática do Congo por 32 a 30 na prorrogação.. As duas seleções se classificaram ao Mundial da modalidade em 2021 no Egito. A ilha lusófona é a grande sensação do torneio, ao conquistar tamanho feito em seu primeiro campeonato continental. Cabo Verde e Marrocos se enfrentam pelo 5º lugar no sábado em Hammamet, enquanto Gabão e RDC jogam no domingo em Radès em disputa direta pela última vaga ao mundial, o que será uma experiência inédita para qualquer das nações. 

Guiné e Congo disputam o 9º lugar também neste sábado em Hammamet. Neste sábado, Nigéria venceu Camarões por 33 a 29 e garantiu o 11º lugar; Líbia ficou em 13º ao vencer Costa do Marfim; Quênia ganhou de Zâmbia e ficou com a 15ª colocação.

Foto: Africa Top Sport

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes