Parada das Nações: Islândia


Sigla: ISL

Medalhas na história:  O 0 | P 2 | B 2 | Total: 4

No Rio de Janeiro... O 0 | P 0 | B 0 | Total: 0

A ilha localizada no noroeste da Europa já participou de 20 edições de Jogos Olímpicos e desde Berlim 1936 participa de forma interrupta das Olimpíadas. As melhores participações foram em Melbourne 1956 e Pequim 2008, quando a Islândia conquistou uma medalha de prata em cada uma. Nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016, o país participou com 8 atletas, mas não conquistou medalhas.

Esportes fortes:

Natação: Foram nas piscinas que a Islândia chegou mais perto de conquistar uma medalha olímpica no Rio de Janeiro, marcando presenças em duas finais. Hrafnhildur Lúthersdóttir conseguiu o melhor resultado das Islândia, com um sexto lugar nos 100 metros peito feminino.

Handebol: A equipe masculina do país ficou conhecida mundialmente ao chegar na final em Pequim 2008, ficando com a prata. Essa foi a última medalha islandesa em Jogos Olímpicos. Décimo primeiro lugar no último mundial, a seleção ainda luta para se classificar para Tóquio 2020.

Sveinn McKee é o único islandês com índice olímpico para Tóquio. foto: Peter Sukenik 


Destaques:

Anton Sveinn McKee (Natação): Até o momento em que essa postagem foi feita, o nadador islandês é o único com índice olímpico para Tóquio, na prova dos 200m peito, nessa que será a terceira olimpíada de sua carreira. Ele espera ficar em uma posição melhor do que o décimo oitavo lugar conquistado nos jogos do Rio de Janeiro em 2016.


APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top