Luta Olímpica começa a definir brasileiros que buscarão vaga para Tóquio 2020 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Luta Olímpica começa a definir brasileiros que buscarão vaga para Tóquio 2020

Compartilhe

O primeiro Campeonato Brasileiro Interclubes-Copa Brasil de Luta encerrou, no último sábado (07.12), a temporada de competições do wrestling brasileiro este ano com grandes combates no ginásio do Palácio dos Esportes, em Natal (RN). 

Em dois dias de disputas, foram realizadas 315 lutas nos três estilos olímpicos da modalidade, nas categorias etárias júnior e sênior. Os campeões das divisões olímpicas saem na frente para representar o Brasil na busca por vagas nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Em alguns pesos, a comissão técnica da Confederação Brasileira de Luta (CBW) vai realizar o Trials, seletivas para definir o titular na busca das vagas olímpicas. A seletiva continental será no mês de março no Canadá.

"O nível competitivo entre os mais jovens está maior e os adultos mostraram boa forma técnica e física. No estilo greco-romano, Diego Romanelli, Angelo Moreira e Joilson Júnior se destacaram. Já no estilo livre, David Moreira, do Amazonas, esteve muito bem. Kamila Barbosa, Lais Nunes, Giullia Penalber e Aline Silva dominaram suas categorias. Gracyenne Helena também fez um bom torneio e Letícia Pimenta ganhou ouro no Júnior e prata no Sênior. Vamos fazer análises e ver em quais categorias realizaremos seletivas antes de definir a equipe que vai para o pré-olímpico pan-americano, em Ottawa, no Canadá", explicou o cubano Angel Torres Aldama, treinador-chefe do Brasil, que acompanhou o torneio e ministrou um curso de treinadores em Natal.

No Brasileiro Interclubes, os principais atletas do país representaram clubes tradicionais, como Sport Club Corinthians Paulista, Club de Regatas Vasco da Gama, Sport Clube do Recife, Clube do Remo e Tijuca Tênis Clube, além de equipes tradicionais do wrestling nacional, como SESI-SP e Associação Desportiva Centro Olímpico. O torneio foi uma realização da CBW e do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), com apoio da Prefeitura de Natal.

O sucesso da participação dos clubes de norte a sul do país entusiasmou o presidente da CBW, Pedro Gama Filho. "Ter os grandes clubes no processo de massificação do esporte é uma ferramenta essencial no desenvolvimento dos nossos atletas. Esta foi apenas a primeira competição e esperamos já em 2020 ampliar o número de torneios. É claro que nosso principal objetivo são os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e a busca da primeira medalha olímpica, mas os Jogos de Paris 2024 e Los Angeles 2028 estão próximos e ter o apoio dos grandes clubes filiados ao Comitê Brasileira de Clubes vai nos ajudar muito nessa caminhada", projetou Pedro Gama Filho, também membro do Bureau da United World Wrestling, entidade máxima do esporte.

Lista de campeões do torneio nas categorias olímpicas:

Estilo greco-romano:
Categoria até 60kg – Diego Romanelli (IIG-MG)
Categoria até 67kg – Joilson Junior (CRVG-RJ)
Categoria até 77kg – Angelo Moreira (IIG-MG)
Categoria até 87kg – Ronisson Brandão (SCCCP-SP)
Categoria até 97kg – Davi Albino (CRVG-RJ)
Categoria até 130kg – Herval Silva (SCCP-SP)

Luta feminina:
Categoria até 50kg – Kamila Silva (SCCP-SP)
Categoria até 53kg – Gracyenne Helena (CRVG-RJ)
Categoria até 57kg – Giullia Penalber (TTC-RJ)
Categoria até 62kg – Lais Nunes (IAD-SP)
Categoria até 68kg – Dailane Reis (IPB -DF)
Categoria até 76kg – Aline Silva (SESI-SP)

Estilo livre:
Categoria até 57kg – Bryan Lucas (CAEC-AM)
Categoria até 65kg – David Moreira (CAEC-AM)
Categoria até 74kg – Marcus Calasans (IAD-SP)
Categoria até 86kg – Thales Reis (CRVG-RJ)
Categoria até 97kg – Cassio Barbosa (SCR-PE)
Categoria até 125kg – Juan Izidoro (IIG-MG)

Foto: Studio Eisenhowe Amaro

Nenhum comentário:

Postar um comentário