Após brilhante campanha no Pan, Ginástica Artística masculina do Brasil busca vaga em Tóquio 2020 no Mundial - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Após brilhante campanha no Pan, Ginástica Artística masculina do Brasil busca vaga em Tóquio 2020 no Mundial

Compartilhe

Depois de cumprir uma campanha histórica nos Jogos Pan-Americanos de Lima, quando ganhou oito medalhas (quatro de ouro e quatro de prata), a Seleção Brasileira masculina de Ginástica Artística encara a partir deste domingo (6) seu maior desafio na temporada. A partir das 14h30 (horário de Brasília), no Hanns Martin Schleyer Halle, em Stuttgart, o Brasil disputa a qualificação por equipes do Campeonato Mundial. O time brasileiro tem dois grandes objetivos na competição: assegurar vaga na final e a classificação para a Olimpíada de Tóquio-2020.

Para carimbar o passaporte aos Jogos Olímpicos, o Brasil precisa terminar na classificação geral entre os nove primeiros colocados. Ou entre os 12, desde que China, Rússia e Japão, que se classificaram após o Mundial de Doha-2018, estejam na zona de corte.

O time brasileiro está na subdivisão 4, a última do dia, ao lado de Alemanha, Espanha, Porto Rico, Argentina, além de ginastas do Egito, Bulgária, Qatar, Jordânia e El Salvador.

A Seleção chega bem confiante para buscar a qualificação olímpica por equipe, muito em virtude da campanha obtida no Pan de Lima. O treinador-chefe da Seleção masculina, Marcos Goto, acredita que o desempenho no Peru serviu para demonstrar o potencial da equipe, mas o cenário neste Mundial será muito diferente.

“Os resultados dos Jogos Pan-Americanos foram muito importantes para o Brasil, pois reforçam que a preparação está no caminho certo, porém é importante ressaltar que o nível técnico do Pan é difere de um Campeonato Mundial. Assim não é possível comparar os resultados ou considerá-lo como um parâmetro”, ponderou Goto, lembrando que o foco do time neste domingo será o de buscar a vaga para Tóquio.

“Nossa seleção está trabalhando arduamente em busca do principal objetivo, que é a classificação olímpica. Essa é nossa meta. As finais serão consequência de uma boa apresentação dos atletas, que hoje detém notas de partidas capazes de avançar para uma final”, avaliou o treinador brasileiro.

A ordem de apresentação dos brasileiros neste domingo, por aparelho, é a seguinte:
Barra fixa: Lucas Bittencourt – Caio Souza – Arthur Nory – Francisco Barreto Jr
Solo: Caio Souza – Lucas Bittencourt – Arthur Nory – Arthur Zanetti
Cavalo com alças: Caio Souza – Lucas Bittencourt – Francisco Barreto Jr – Arthur Nory
Argolas: Lucas Bittencourt – Caio Souza – Arthur Zanetti – Francisco Barreto Jr
Salto: Arthur Nory – Lucas Bittencourt – Caio Souza – Arthur Zanetti
Paralelas: Arthur Nory – Lucas Bittencourt – Francisco Barreto Jr – Caio Souza

Foto: CBG

Nenhum comentário:

Postar um comentário