Seis anos de Surto Olímpico!!! - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Em 26/12/2011, o louco do Regys Silva resolveu fazer um blog sobre esportes olímpicos, algo que muitos dos seus amigos - eu incluso - falavam para ele fazer, já que ele sempre surtava na época das olimpíadas. um blog, sem muitas pretensões, que aos poucos foi crescendo, ganhando forma e colaboradores, e eu foi um dos primeiros a embarcar nessa nave louca (Pedro Bial Feelings) em 17 de janeiro de 2012

Seis anos depois, estamos aqui, consolidados como site, sendo reconhecido pelo público, atletas, jornalistas, olhando para trás e vendo o quanto batalhamos e escrevemos para chegarmos até aqui (27883 postagens até o presente momento - 4650 por ano, 13 por dia!). 

Creio que 2017 foi ano de reinvenção do Surto Olímpico. Renovamos nossa equipe, até porque, muitos tiveram propostas para trabalhar em outros meios de comunicação, o que muito nos orgulha, e continuamos a mesma pegada do último ciclo, até para mostrar não íamos tirar o pé, que o nosso compromisso com olimpismo é sério, não fizemos esse site para curtir os jogos Rio 2016 e depois deixá-lo de lado. Temos agora dois colunistas, um sonho antigo da gente, que sempre quis ter postagens mais opiniativas - Eu fiz por muito tempo falando sobre basquete, mas agora ela só é quebra-galho(risos) - e uma boa equipe de colaboradores que merecem todos os aplausos do mundo, já que são 'surtados' por esportes e mantém o nível do site lá no alto. \o/

E este pequeno espaço preza por dar espaço a todos os 33 esportes olímpicos, os 21 paralímpicos e os 15 de inverno. Não é uma tarefa fácil. às vezes passa uma notícia ou sai algo com um pouco de atraso, mas creio que estamos fazendo um bom trabalho (Isso quem pode dizer melhor são vocês, Eu que escrevo aqui sou muito suspeito)

Em seis anos, em 2017 começamos também a buscar parcerias, patrocínios,pomos alguns banners no site- como vocês já devem ter reparado -, para continuarmos com o nosso trabalho e até nos dedicarmos mais a eles, até porque todos que escrevem no surto olímpico tem outros trabalhos, tem família, namorada/esposas, amigos, estudos e ainda tem que encontrar um tempo para escrever no surto. É cansativo,  nós não ganhamos nada com esse espaço, o pouco que entra usamos pras despesas do site e de alguns eventos in loco que somos convidados. Sabemos que se para um atleta olímpico arrumar patrocínio já é complicado, imagina para um site que fala de esportes olímpicos e que não tem o futebol como prioridade. Mas estamos buscando alternativas, em 2018 é possível que criemos um projeto de apoiadores, algo que será mais discutido e divulgado durante o ano, então aguardem...

Mas se nossas carteiras são vazias, nosso orgulho de ter feito algo com tamanho reconhecimento está pra lá mais de 8 mil! (entendedores entenderão) A prova disso foi a eleição dos melhores do ano que estreamos nesse ano, vimos um engajamento de atletas e confederações para essa disputa que foi totalmente surpreendente para mim. Entrevistados que comentam com a gente que nos leem e acompanham nosso trabalho, nos valorizando como via de divulgação dos seus esportes, Eu sinto um orgulho enorme de escrever no surto olímpico e tenho certeza de quem está ou passou aqui sente a mesma coisa. 

Vamos agora para nosso sétimo ano, revigorados para mais um ano olímpico, agora nos jogos de inverno de PyeongChang. Estamos desde novembro preparando algo muito especial para que você fique informado sobre os esportes de inverno, sobre os brasileiros que estarão e nosso tempo real - que não tiver vocês reclamam- para o pessoal que vai ficar acordado de madrugada com a gente.

Esse textão foi mesmo para falar muito obrigado a todos os leitores do nosso site, os que curtem a gente no facebook, seguem no twitter e no instagram, assinam nossa newsletter, estão sempre apoiando a gente. muito obrigado de coração, pois sem vocês não estaríamos aqui, na posição que estamos hoje. Que em 2018 vocês continuem com a gente e que mais pessoas fãs de esportes nos encontrem para possamos crescer ainda mais!


Nenhum comentário:

Postar um comentário