Martina Hingis anuncia aposentadoria após o WTA Finals


A suíça Martina Hingis anunciou nas suas redes sociais nesta quinta-feira (26) que irá se aposentar ao final desta semana, depois que encerrar sua participação WTA Finals de duplas. 

"É o momento certo para mim. É melhor parar no auge e posso dizer que aproveitei o sucesso que tive nos últimos três anos e minhas prioridades também mudaram. É difícil de acreditar que faz quase 23 anos que fiz minha estreia como profissional. Os anos que se passaram foram alguns dos mais gratificantes da minha vida, tanto pessoalmente quanto profissionalmente. Mas creio que chegou o momento de me aposentar, o que vou fazer depois da minha última partida aqui em Cingapura", disse a veterana de 37 anos.

A campanha no WTA Finals começou com vitória nesta quinta. Hingis e a taiwanesa Yung-Jan Chan venceram a alemã Anna-Lena Groenefeld e a tcheca Kveta Peschke por 2 sets a 0, parciais de 6-3 e 6-2. Elas enfrentarão na semifinal a húngara Timea Babos e a tcheca Andrea Hlavackova.

Hingis foi a mais jovem tenista a vencer um torneio de Grand Slam na Era Aberta, ao vencer o Australian Open de 1997 com 16 anos e 3 meses. Também foi a mais jovem jogadora a liderar o ranking da WTA, com 16 anos e 6 meses. Ela conquistou 5 títulos de Grand Slam de simples e liderou o ranking por 209 semanas.

A suíça anunciou uma precoce aposentadoria em 2002, com apenas 22 anos. Ela voltou a jogar em 2006, mas deixou o circuito no fim do ano seguinte após receber uma suspensão por doping. Ela retomou a carreira em 2013, desta vez apenas jogando duplas. Em quatro temporadas e meia, Hingis venceu mais 25 títulos, com quatro Grand Slam em duplas femininas e seis em duplas mistas, além de ter voltado à liderança do ranking mundial. Ela acumula 43 títulos de simples e 64 em duplas.

Foto: WTA


0 Comentários