World Tour Finals de Vôlei de Praia 2017 - Dia 4

O Brasil faturou prata e bronze no torneio feminino do World Tour Finals de Vôlei de Praia, que está sendo realizado em Hamburgo (GER).

Ágatha e Duda acabaram superadas por 2 sets a 1 (21/17, 19/21, 15/10), em 51 minutos, pelas alemãs campeãs olímpicas e mundiais Laura Ludwig e Kira Walkenhorst na decisão do torneio.

Horas antes da final, Larissa e Talita conquistaram a medalha de bronze ao Brasil. A dupla superou as canadenses Sarah Pavan e Melissa Paredes por 2 sets a 0 (21/17, 21/19), em 36 minutos de jogo e também subiu ao pódio da etapa que reúne os oito melhores times do ano, além de quatro duplas convidadas pela organização.

Ágatha e Duda recebem um prêmio de 75 mil dólares pela segunda colocação no Finals, enquanto Larissa e Talita ficam com 50 mil pelo terceiro lugar. O Brasil chega ao impressionante número de 23 medalhas conquistadas na temporada 2017, sendo 12 de ouro, quatro de prata e sete de bronze (veja todas abaixo).

A paranaense Ágatha comentou a boa primeira temporada ao lado de Duda – elas somam seis medalhas em 10 torneios internacionais disputados neste ano – e o torneio na Alemanha.

“Elas jogaram melhor no tie-break e mereceram. Foi um orgulho jogar aqui, provavelmente depois dos Jogos Olímpicos é a arena mais bonita em que atuei. Ficou lotado, a torcida apoiou demais os times da Alemanha, mas também apoiaram um belo jogo e o espetáculo. Duda e eu começamos neste ano, as expectativas são grandes, queremos continuar juntas até os Jogos de Tóquio, estamos animadas, sabendo que temos muito para crescer”, analisou.

Quem também analisou a medalha foi Talita, campeã do Circuito Mundial. Ao lado de Larissa ela conquistou três medalhas de ouro, uma prata e bronzes no Campeonato Mundial e no Finals. Tudo isso treinando longe da parceira, cada uma em sua cidade.


“O que fizemos este ano foi impressionante, é difícil competir no nível mais alto quando você treina em cidades diferentes, como é o nosso caso. Faz com que cada um dos nossos resultados nesta temporada seja ainda mais especial. Nós merecíamos terminar o calendário internacional no pódio”, destacou a sul-mato-grossense.

Evandro e André chegam a semifinal masculina
Evandro e André Stein superaram os austríacos Doppler e Horst por 2 sets a 0 (21/15, 22/20), em 39 minutos, e avançaram para a semifinal do torneio.

A partida valendo vaga na final acontece neste domingo (27), às 6h (de Brasília), contra os italianos Paolo Nicolai e Daniele Lupo, vice-campeões olímpicos nos Jogos Rio 2016. Será o primeiro confronto entre os times. Ainda no domingo ocorrem as disputas de bronze e ouro, às 8h30 e 10h, respectivamente.

A vitória de Evandro e André nas quartas de final sobre o time austríaco foi uma repetição do resultado da final do Campeonato Mundial de vôlei de praia, disputado duas semanas atrás, em Viena, na Áustria. Evandro comentou o bom retrospecto na competição onde já foi bronze em 2015 e prata em 2016, ao lado de Pedro Solberg.

"Estou muito satisfeito. Estamos fazendo um bom torneio e é ótimo estar em minha terceira semifinal de World Tour Finals em três anos. Se pudermos manter nossa consistência e continuarmos jogando bem, podemos seguir em frente em busca do pódio”, destacou.

André Stein comentou a estratégia contra os austríacos, que contou com menos aces dos brasileiros em comparação à final do Campeonato Mundial, mas maior volume defensivo.

“Nossos saques curtos funcionaram e conseguimos alguns bloqueios e defesas para criar vantagem. No segundo set eles passaram a sacar melhor, dificultaram a partida, mas Evandro conseguiu defesas que geraram pontos de contra-ataque no final. Eles cometeram alguns erros e isso confirmou nossa vitória. Vamos seguir jogo a jogo”, analisou.


A outra semifinal será entre os norte-americanos Phill Dalhausser/Nick Lucena e os poloneses Losiak e Kantor.

Foto: FIVB


0 Comentários