Mundial de Boxe 2017 - Dia 5 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Mundial de Boxe 2017 - Dia 5

Compartilhe
A Arena Sportshalle, em Hamburgo na Alemanha, recebeu nesta terça-feira  (29) nada menos do que quarenta lutas de boxe válidas pelas quartas de final das dez categorias do torneio. Ao todo, 80 atletas entraram no ringue cientes que uma vitória já os garantiria vaga no pódio e uma derrota viria com o amargo "quase".

Dentre alguns destaques deste dia, uma grande comemoração da pequena equipe coreana que vibrou com a garantia da primeira medalha do país desde 2009. Inkiu Kim, categoria leve, avançou ao derrotar o indiano Kavinder Bitsh por unanimidade e conquistar uma medalha para o país de pouca tradição nesta modalidade. A semi será contra o forte uzbeque Josurbek Latipov.

Na categoria super pesado (+91kg) Fokou Arsene de Camarões derrotou com extrema facilidade o colombiano Cristian Salcedo, por nocaute com dois minutos de luta. Com isso, será o único representante africano dentre todos os semifinalistas.

A vitória de Fokou garantiu a ele a primeira medalha da história de Camarões em mundiais masculinos de boxe, disputados desde 1974. Além do país africano, outros dois países subirão no pódio pela primeira vez e ambos vizinhos do Brasil. Pelo Equador, Carlos Mina avançou na categoria ao derrotar o tadique Shabbos Negmatulloev, algoz do brasileiro Michel Borges, por unanimidade. Na semi, Mina enfrentará o temido cubano Julio César de La Cruz, tricampeão mundial e campeão olímpico. Já pela Colômbia, muita comemoração para o jovem peso mosca Yuberjen Martinez, que já havia feito história com a prata olímpica do Rio e agora garante a primeira medalha de seu país em mundiais ao derrotar o molgol Gankuiiadin Gan-Enderne por 5 x 0.

Na categoria -60kg o único dos medalhistas olímpicos do Rio 2016 que não está na semifinal é justamente Robson Conceição, campeão olímpico que agora luta profissionalmente. O francês vice campeão Sofiane Oumiha enfrenta o medalhista de bronze Dorjnyiambuugiin Otgondalai e o também medalhista de bronze, Lazaro Alvarez de Cuba,enfrenta o intruso Otar Eranosyan da Georgia.

A única grande derrora do dia foi do cubano Arlez López, categoria -75kg, atual campeão mundial e olímpico. O revés veio em decisão dividida dos árbitros em 3x2 para o jovem cazaque Abilkhan Amankhul, de apenas 20 anos.

Mesmo com a derrota de López, os cubanos tem muito a comemorar. Principal potência da modalidade, o país caribenho terá atletas em sete semifinais e será o país com o maior número de medalhas neste mundial. O Uzbequistão, país que mais conquistou ouros no Rio em 2016 e Cazaquistão, outra grande nação no mundo do boxe conquistaram seis cada. Também já garantiram medalhas: Estados Unidos com três, Rússia e Azerbaijão com duas e Armênia, Austrália,Camarões,Colômbia, Coréia do Sul, Equador,França, Georgia, Irlanda, Índia, Inglaterra, Mongólia, Ucrânia e a anfitriã Alemanha com uma cada.

Confira como ficarão as semifinais das categorias. Lembrando que os derrotados já terminam com as medalhas de bronze e os vencedores lutarão pelo ouro.
O mundial dará uma pausa de um dia, retornando na próxima quinta-feira (31).

Categoria -49kg:

Johannis Argilagos (CUB) x Zomart Yerzhan (KAZ) e Yuberjen Martinez (COL) x Hasanboy Duzmatov (UZB)

Categoria- 52kg:

Yosvany Ventía (CUB) x Tamir Galanov (RUS) e Inkiu Kim (KOR) x Josurbek Latipov (UZB)

Categoria -56kg:

Kairat Yeralyiev (KAZ) x Peter McGrail (ING) e Gaurav Bidhuri (IND) x Duke Ragan (USA)

Categoria -60kg:

Lazaro Alvarez (CUB) x Otar Eranosyan (GEO) e Sofiane Oumiha (FRA) x Dorjnyiambuugiin Otgondalai (MGL)

Categoria- 64kg:

Freudis Rojas (USA) x Ikboljon Kholdarov (UZB) e Andy Cruz Gómez (CUB) x Hovhannes Bachkov (ARM)

Categoria -69kg:

Shakiram Gyiasov (UZB) x Ablaikhan Zhussupov (KAZ) e Rosniel Iglesias (CUB) x Abass Barou (GER)

Categoria -75kg:*

Abilkhan Amankhul (KAZ) x Kamran Shakhsurvali (AZE) e Olieksandr Krizhnirak (UKR) x Troy Ilsey (USA)

Categoria -81kg:

Carlos Mina (ECU) x Julio César de La Cruz (CUB) e Joe Ward (IRL) x Bektimir Melikhuziev (UZB)

Categoria -91kg:

Evgeny Tichchenko (RUS) x Sanjar Tursunov (UZB) e Vasily Levit (KAZ) x Erislandy Savón (CUB)

Categoria +91kg:

Joseph Goodal (AUS) x Magomedrasul Majidov (AZE) e Kamshybek Kunkabayev (KAZ) x Fokou Arsene (CMR)

Foto: AIBA



Nenhum comentário:

Postar um comentário