Itália e Hungria vencem etapa de Setúbal da Copa do Mundo de Maratona Aquática; Viviane Jungblut é prata - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Itália e Hungria vencem etapa de Setúbal da Copa do Mundo de Maratona Aquática; Viviane Jungblut é prata

Compartilhe
A gaúcha Viviane Jungblut subiu em seu primeiro pódio numa etapa da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas. A nadadora conquistou a medalha de prata na etapa portuguesa, realizada em em Setúbal, no sábado (24). Viviane completou os 10 mil metros em 1h37min37s2. A vencedora foi a italiana Rachele Bruni - medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 2016 - em 1h37min36s2, enquanto a equatoriana Samatha Arévalo Salinas completou o trio de medalhistas, em 1h37min42s9. Ana Marcela Cunha, vencedora em Setúbal em 2008 e 2014, terminou em 1h38min10s6.

- Achei uma prova bem forte. A temperatura da água estava um pouquinho gelada, mas deu pra aguentar até o final. O que decidiu foi a última volta. Foram cinco voltas, mas na última consegui me posicionar bem no começo e aí no sprint  final consegui dar um “gás” a mais e ficar em segundo. Esta foi minha primeira prova de Copa do mundo pra valer e fiquei bem surpresa, e muito feliz porque a gente está treinando muito para o Mundial de Budapeste e não estava descansada pra essa prova. Foi um resultado muito positivo.

"A prova em si tinha bastante corrente nos contornos de boia. Acabei perdendo posição em vários contornos e essa é uma coisa que preciso ficar mais ligada para não perder muitas posições - disse Viviane, que perguntada sobre o uso do traje no mar de Setúbal, respondeu que "o traje de borracha a gente não precisou usar porque a temperatura da água estava em 20 graus e só é permitido abaixo de 20 graus, mas eu particularmente achei bom não usar porque por ser de borracha, ele iria pesar no ombro, não daria uma mobilidade tão boa ali. Achei melhor não utilizar".

Esta é a segunda medalha de prata do Brasil na temporada 2017. Na prova inaugural do Circuito da Copa do Mundo, em fevereiro, na Argentina, Poliana Okimoto também terminou na segunda posição e dividiu a medalha de prata, exatamente com a italiana Rachele, vencedora em Setúbal.

Viviane vem numa performance crescente. No Mundial Junior de Maratonas 2014, no mesmo local onde serão realizadas as provas de maratonas aquáticas do Mundial da FINA, daqui a um mês, no Lago de Baratonfured, na Hungria, a nadadora brasileira conquistou bronze por equipes. De quebra foi o melhor resultado individual brasileiro com o 5º lugar nos 7,5km. Depois, Viviane também foi medalhista de prata em Sul-Americano absoluto, nos 5km; conquistou a classificação para o seu primeiro Mundial, e agora, a primeira medalha em Copas do Mundo.

No masculino, o pódio foi composto por Kristof Rasovsky (1h29m50s97), da Hungria; Mob Muffels, da Alemanha (1h29min52s97); e Andrea Manzi, da Itália (1h29min59s06). Os brasileiros Allan do Carmo, Diogo Villarinho e Fernando Ponte terminaram em 11º, 14º e 34º, com os tempos, respectivamente, de 1h30min09s17; 1h30min15s15; e 1h34min56s53 . Os dois últimos viajaram por conta própria.

Foto: CBDA


Nenhum comentário:

Postar um comentário