CBV confirma Zé Roberto Guimarães na seleção feminina até 2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

CBV confirma Zé Roberto Guimarães na seleção feminina até 2020

Compartilhe
Os rumores se confirmaram e José Roberto Guimarães foi confirmado como o técnico da seleção feminina de vôlei para o ciclo olímpico de Tóquio. Zé Roberto, bicampeão olímpico com a seleção feminina em 2008 e 2012, tentará renovar a seleção após a eliminação precoce na rio 2016 para China nas quartas de final. Outra mudança confirmada é de que Radamés Lattari se tornará o diretor de seleções de quadra da CBV, em substituição de Renan Dal Zotto, que desliga da função alegando problemas pessoais.

Zé Roberto lamentou a decisão de algumas jogadoras de não jogar mais pela seleção, mas que pretende renovar o elenco e aposta na base: "Uma transição é sempre difícil. Ainda não estou muito convencido que algumas jogadoras não possam vir a jogar ainda pela seleção. Elas são jovens ainda por idade, são privilegiadas quanto ao físico. A tentativa sempre vai existir. Elas tiveram importantes serviços prestados ao vôlei. Sheilla e Fabiana estão há 14 anos. Elas têm bola para continuar jogando, mas sonham com outras coisas. Mas nas seleções de base temos jogadoras novas aparecendo, acho que temos um futuro promissor pela frente. "

Zé também falou sobre o Jogo contra a China: "Foi muito duro para todos nós a derrota. Ninguém esperava sair dos Jogos num momento como aquele. Sabíamos que a China seria muito difícil. Não era para a China ter ficado em quarto. Foi um jogo seco, uma fatalidade. Claro que a China é um bom time, mas tínhamos chance de ir mais longe. Foi amargo pensar em como a gente perdeu. Mas deu um sentimento de não ter cumprido a missão. Depois de 2008 e 2012 me senti com a missão cumprida. Agora não me sinto. Sinto que tenho coisas a fazer, e o Brasil precisa continuar entre os melhores. "

Ricardo Trade, CEO da CBV, além de falar sobre Zé Roberto, falou da situação de Bernardinho no comando da seleção masculina: Demos o Zé de presente para o povo brasileiro. Sobre o masculino, não há novidades. Deixamos para o Bernardo claro que queremos a permanência dele. Tanto ele quanto o Zé eram nossas vontades. Nunca houve dúvida alguma. Estamos respeitando o tempo pedido por ele para decidir

Em 2017, Zé Roberto Guimarães ter´ao Grand Prix, o sul-americano e Copa dos Campeões no início do trabalho do ciclo olímpico de Tóquio 2020. 


Foto: Buda mendes/Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário