Ainda magoado com vaias na Rio-2016, Lavillenie afirma que Bolt não seria amado se competisse contra um brasileiro - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ainda magoado com vaias na Rio-2016, Lavillenie afirma que Bolt não seria amado se competisse contra um brasileiro

Compartilhe
O francês Renaud Lavillenie ainda demonstra mágoa ao falar sobre o público brasileiro. Prata nos jogos Rio 2016 no salto com vara masculino, o francês que está na Lausanne na Suíça para mais uma etapa da Diamond League, voltou a comentar sobre as vaias sofridas na competição e afirmou que até Bolt, que encantou a todos no Rio de Janeiro, seria odiado pelo o público se um brasileiro corresse contra ele:

"O problema não é ganhar os corações do povo brasileiro. Eu acho que Usain Bolt não teria sido tão amado se ele tivesse competido contra um brasileiro que pudesse correr em 9s80. Durante a competição, o público foi muito, muito bom até o Thiago passar a marca dos 5,93m. Então, o público percebeu que o Thiago poderia ser capaz de vencer e, a partir desse momento, eles foram desrespeitosos com todo mundo, começando com o americano, Sam Kendricks. Depois, vaiaram a última tentativa de Piotr Lisek. No final, houve um duelo entre Thiago e eu. Então eu tive que pular mais nessas condições que os outros" Afirmou Lavillenie

Lavillenie elogiou Thiago Braz e disse que gostaria que o brasileiro também estivesse em Lausanne, competindo em terreno "neutro"." Não tenho nada contra o Thiago, ele não fez nada de errado. Ele fez o seu melhor para saltar, o que é normal. Ele não tem nada a ver com a reação do público. Se ele estivesse aqui, teria sido maravilhoso pelo aspecto desportivo, porque iria reunir os melhores atletas do salto com vara para uma batalha real."


Nenhum comentário:

Postar um comentário