Últimas Notícias

Mundial de Ciclismo de Pista 2016 - Dia 1


Começou nesta quarta-feira, no Velódromo Olímpico de Londres, o Mundial de Ciclismo de Pista 2016, a última competição do esporte antes do fechamento do ranking olímpico, que definirá os classificados para o Rio. O primeiro dia foi marcado pelas disputas do sprint por equipes.

No masculino a Nova Zelândia, que perdeu o ouro em 2015 por conta de uma desclassificação na final, desta vez entrou mais ligada e subiu no lugar mais alto do pódio. O trio formado por Ethan Mitchell, Sam Webster e Eddie Dawkins fez o melhor tempo das qualificatórias e colocou dois décimos de segundo na Holanda na decisão.

A França ficou com o bronze, enquanto a Alemanha fechou o top-4. O destaque negativo foi a Rússia, que ficou apenas com o sétimo melhor tempo nas qualificatórias.

O Brasil participou da prova e terminou na 14ª colocação entre os 14 participantes.

Se os russos não foram bem na prova masculina, no feminino o país conquistou o ouro, mesmo que no "tapetão". A China havia feito o melhor tempo das qualificatórias. Na final as chinesas conseguiram nova vitória, mas foram desclassificadas por conta da troca de posições entre as ciclistas antes da área permitida. 

A imagem da transmissão oficial deixou clara a irregularidade. Assim, a Rússia, que disputava a final contra as chinesas, herdou a medalha de ouro.

Na disputa do bronze a Alemanha passou pela Austrália.

Nas eliminatórias da perseguição por equipes masculina a Grã Bretanha fez o melhor tempo, seguida por Austrália, Nova Zelândia e Itália. As quatro equipes disputam as semifinais e finais na quinta-feira. O dia também terá a disputa do keirin feminino entre as provas presentes no programa olímpico.

Medalhistas do dia:

Sprint por Equipes Masculino
Ouro:  Nova Zelândia
Prata:  Holanda
Bronze:  Alemanha

Sprint por Equipes Feminino
Ouro:  Rússia
Prata:  China
Bronze:  Alemanha

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar