Últimas Notícias

Em boa fase, Felipe Wu ganha ouro em competição de Tiro Esportivo na Alemanha


O atirador Felipe Wu, que na semana passada conquistou a medalha de ouro na etapa de Bangkoc da Copa do Mundo de Tiro Esportivo, voltou a brilhar. Desta vez foi em Dortmund, Alemanha, na disputa do 32º Torneio Internacional da cidade. Na fase classificatória da prova pistola de ar, Felipe demonstrou sua mira certeira e ficou na primeira colocação com 578 pontos, seguido por Julio Almeida, com 575.

Na final, que é disputada com os oito melhores, o medalhista de ouro na Copa do Mundo dominou a disputa e faturou a primeira colocação com 203.3 pontos, 6.9 pontos à frente de Julio Almeida, que ficou com medalha de prata, fazendo uma dobradinha verde e amarela. O bronze foi para o atleta alemão Eike Frerichs.


Felipe e Julio já haviam conquistado outros bons resultados na  quinta-feira (10), na prova pistola 50m, quando foram prata e bronze, respectivamente. Nesta disputa, na fase de classificação, Julio ficou em primeiro, com o ótimo resultado de 555 pontos, Felipe passou em terceiro com 550. A prova foi vencida pelo italiano Andrea Amore.


Recorde


Em outra prova disputada na tarde do sábado (12), o atleta Bruno Lion Heck estabeleceu uma nova marca brasileira na sua prova favorita, a carabina 3 posições, com o excelente resultado de 1.175 pontos. Bruno passou em terceiro lugar para a fase final e finalizou a participação em oitavo lugar. O brasileiro volta ao estande na manhã deste domingo (13), dia de encerramento do torneio, para a prova carabina de ar, onde o alvo fica a 10 metros do atleta.

Foto: CBTE

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar