Canoagem slalom já conta com 20 países garantidos nos Jogos de 2016 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Canoagem slalom já conta com 20 países garantidos nos Jogos de 2016

Compartilhe

Depois do Campeonato Mundial, disputado em Lee Valley, o mesmo local das competições dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, a canoagem slalom já conta com 20 países garantidos para competir no Rio em 2016.

As quatro disciplinas da modalidade são: caiaque individual (K1), masculino e feminino;  canoa (C), apenas masculina; individual (C1) e dupla (C2).

Em Lee Valley, a Rússia se destacou entre os oito países que asseguraram vagas nas quatro disciplinas. As outras nações que carimbaram o passaporte foram Grã-Bretanha, França, Alemanha, República Tcheca, Polônia, Eslovênia e Eslováquia.

No Mundial da Inglaterra, o Brasil conseguiu duas vagas diretas no caiaque, com Ana Sátila, de 19 anos, na K1; e Pedro da Silva, o Pepê, também na K1. Como país sede, o Brasil também tem vagas asseguradas na canoa – individual (C1) e em dupla (C2).

Ainda existem vagas em aberto, que serão preenchidas nos campeonatos continentais da África (em Sagana, no Quênia, de 6 a 11 de novembro de 2015), da Ásia (em Toyama, no Japão, em 23 e 24 de abril de 2016), da Oceania (em Parinth, na Austrália, de 19 a 21 de fevereiro de 2016) e da Europa (em Liptovsky Mikulas, na Eslováquia, de 12 a 15 de maio de 2016). Os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, em julho, valeram como o campeonato continental da América.

As vagas por disciplina

Na categoria K1 masculina, classificaram-se no Mundial a República Tcheca, a Polônia, os Estados Unidos, a Eslovênia, a Alemanha, a Itália, a França, o Azerbaijão, a Rússia, a Grã-Bretanha, o Japão, a Áustria, a Eslováquia, a Nova Zelândia e a Austrália, além de o Brasil ter ratificado sua vaga como país sede.

Com a classificação dos Estados Unidos pelo Mundial, eles cedem a vaga obtida nos Jogos Pan-Americanos Toronto 2015, onde foram campeões, ao Canadá, medalha de bronze em Toronto (o Brasil, também já garantido nos Jogos, fora prata no Pan).

As Ilhas Cook classificaram-se pela Oceania e, com isso, restam as três vagas dos campeonatos continentais da África, da Ásia e da Europa.

Na K1 feminina, o Mundial classificou a República Tcheca, a Alemanha, a Austrália, a Espanha, a Eslováquia, a Grã-Bretanha, a Nova Zelândia, a China, o Brasil, a Áustria, a França, a Rússia, a Eslovênia, a Polônia, o Japão e a Itália.

As Ilhas Cook também já têm vaga, assim como Canadá, pelos campeonatos continentais. Restam as três vagas (Ásia, África e Europa).

Na C1 masculina, classificaram-se pelo Mundial a Grã-Bretanha, a Eslovênia, os Estados Unidos, a Eslováquia, a França, a Alemanha, a Polônia, a Rússia, a República Tcheca e o Japão.

O Canadá ficou com a vaga do Pan de Toronto e haverá disputa de quatro vagas pelos campeonatos continentais da África, Oceania, Ásia e Europa.

O Brasil tem a vaga de país sede.

Na C2 masculina, o Mundial classificou a Alemanha, a França, a Eslovênia, a Grã-Bretanha, a Polônia, a Eslováquia, a Rússia e a República Tcheca.

Os Estados Unidos se classificaram pelo Pan de Toronto e ainda haverá vagas continentais – apenas de Ásia e Europa.

O Brasil tem a vaga de país sede.

Foto: Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário