Reunião em Bruxelas discutirá o certificado veterinário para a entrada de cavalos estrangeiros para os Jogos de 2016


Na próxima sexta-feira (30.10), uma reunião em Bruxelas (Bélgica) é vista como estratégica nas negociações em torno da entrada de cavalos estrangeiros no Brasil, no ano que vem, para as provas de hipismo dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. No encontro, representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e da União Europeia discutirão aspectos para a aprovação de um modelo de certificação veterinária internacional. A reunião contará ainda com a participação do Ministério do Esporte e da Autoridade Pública Olímpica (APO).

“Nossa expectativa é que a gente consiga esgotar todas as questões técnicas envolvidas e sair com uma proposta aprovada de modelo de certificado para os países”, explicou Marcelo Pedroso, presidente interino da APO, que na última quinta-feira (22) participou de uma reunião em Brasília com representantes do governo federal e do Comitê Rio 2016. “O Ministério da Agricultura já analisou uma proposta preliminar e encaminhou respostas. É uma discussão muito técnica”, acrescentou.

Segundo Pedroso, o encontro em Brasília ainda debateu a necessidade de uma aceleração nas negociações. O presidente reiterou ainda o otimismo do governo brasileiro nas definições com a União Europeia. “Temos que evoluir agora nessa negociação, e acredito que, nesse encontro do dia 30, conseguiremos uma posição mais definida e conclusiva”, disse. Em novembro, uma delegação da Federação Internacional Equestre (FEI) fará uma visita ao Rio de Janeiro.

Foto: Heusi Action

0 Comentários