Ministro do Esporte do Japão pede demissão após escândalo do Estádio Olímpico dos Jogos de 2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ministro do Esporte do Japão pede demissão após escândalo do Estádio Olímpico dos Jogos de 2020

Compartilhe

O Ministro da Cultura e Esportes do Japão, Hakubun Shimomura, pediu demissão na sexta-feira (25) após o escândalo do Estádio Olímpico para os Jogos Olímpicos de 2020, que acontecerão em Tóquio.

Entretanto, o primeiro-ministro do país, Shinzo Abe, pediu que Shimomura ficasse pelo menos até a reforma ministerial, que está planejada para Outubro.

Em julho, Abe anunciou que os planos para o Estádio Olímpico iriam começar do zero, após o projeto original ter chegado a custar 2 bilhões de dólares. Um painel independente foi criado para analisar o plano e acusou o Conselho de Esportes do Japão e Shimomura de não analisar com profundidade o projeto, concebido pela designer Zara Hadid.

Ao invés disso, será construído um estádio mais amigável e que terá que custar mais barato que o original, apesar de não ter um limite de gastos estipulado.

Shimomura também irá devolver metade dos vencimentos dos últimos seis meses, como um meio de reparar os seus erros.

Foto: Reuters
Com informação de: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário