Empresa japonesa adquire direitos de transmissão olímpicos no sudeste e centro da Ásia - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Empresa japonesa adquire direitos de transmissão olímpicos no sudeste e centro da Ásia

Compartilhe

Mais uma região têm definida a sua situação quanto a direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos nos ciclos que abrangem os Jogos de Inverno de Pyeongchang 2018 aos Jogos de Verão em 2024, ainda sem sede definida. 

A empresa japonesa Dentsu garantiu os direitos de transmissão numa área que abrange os chamados "Tigres Asiáticos", no sudeste da ásia, e parte da Ásia Central. Países como Malásia, Indonésia, Tailândia, Vietnã e Irã estão incluídos entre os 22 países em que a Dentsu fará a cobertura das Olimpíadas. Entretanto, os valores da transação não foram revelados.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) Thomas Bach destacou que a Dentsu repetirá o que fez em Sochi 2014 e fará no Rio 2016, "uma grande cobertura, que inclui a transmissão das competições por meios abertos".

Até a transação anterior, que havia sido feito com a beIN Media para transmissão de eventos no norte da África e Oriente Médio, o COI havia chegado à marca de US$ 4,1 bilhões (cerca de R$ 13,7 bilhões) arrecadados com os direitos de transmissão dos ciclos de 2018/2020 e 2022/2024, chegando próximo à meta de US$ 4,5 bilhões (R$ 15 bilhões). Grandes áreas, como Rússia, Índia e América Latina ainda seguem em aberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário