David Ferrer comemora início de ano perfeito e sonha com volta para Rio Open e Olimpíada


Em menos de dois meses de 2015, o nono melhor tenista do mundo, David Ferrer, já superou o número de títulos conquistados em todo o ano passado, com dois: em Doha, no Catar, e agora no Rio Open. Um início de ano perfeito, para coroar uma semana especial que começou com o desfile na Marquês de Sapucaí pela escola de samba carioca Viradouro.

"Estou feliz, ser campeão é sempre bonito. Foi uma grande semana, com todas as experiências, também com o Carnaval. Não penso muito mais que em desfrutar e a partir de amanhã concentrar-me em Acapulco", afirmou o veterano de 32 anos, referindo-se ao outro ATP 500 da América Latina, no México, para onde viajou.

O título foi o primeiro de Ferrer no Brasil. Mas, no que depender do campeão, não será o último. Além de retornar ao Rio Open em 2016, o tenista tem planos de voltar à capital carioca para disputar a Olimpíada-2016, que seria sua terceira representando a Espanha.

"Claro que quero voltar ano que vem. Seria muito bonito disputar a Olimpíada, que seria a minha terceira e talvez última, mas ainda falta muito tempo para isso. Quero desfrutar o que consegui. É mais um título diferente na minha carreira, e isso me motiva. Também me deu muita felicidade ganhar Doha porque nunca tinha conseguido", afirmou.

Ferrer conquistou o Rio Open 2015 com vitória na final sobre o italiano Fabio Fognini por 2 sets a 0, parciais de 6-2 e 6-3, no último domingo (22).

0 Comentários