Rio de Janeiro sofre com falta de estruturas para competições olímpicas - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Rio de Janeiro sofre com falta de estruturas para competições olímpicas

Compartilhe

A menos de dois anos para a realização do maior evento multi-esportivo do mundo, a cidade do Rio de Janeiro ainda sofre com falta de estruturas em locais de provas de competições olímpicas. Esportes como Vôlei e Basquete sofrem com a falta de qualidade na estrutura dos ginásios, e os times locais acabam tendo que competir com portões fechados.

O time de basquete Flamengo e o time de vôlei Rio de Janeiro estão tendo que analisar sob deixar os portões fechados e mandar jogos para o Tijuca Tênis Clube.

(Foto:Gilvan Souza)


“Hoje em dia, eu não verifico esse clube (Tijuca) para fazer (jogos), justamente por causa das saídas. São pequenas e as vias são estreitas. Então, os jogos de menor periculosidade podem acontecer no Tijuca, agora, determinados clássicos regionais, jogos que envolvem uma rivalidade maior, a polícia militar vai recomendar que seja utilizado um outro ginásio”, disse o tenente-coronel João Fiorentini, comandante do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE), que atua na representação no Ministério Público.

Os problemas não se resumem aos dois esportes. No Atletismo, por exemplo, os problemas são ainda maiores. O Centro de Treinamento Célio de Barros foi destruído para dar lugar à reformas do Maracanã para a Copa do Mundo, realizada em junho e julho deste ano.

O governo diz que construirá um novo Célio de Barros, mas que só conseguiria ser entregue em Julho de 2015. Até lá, não há local de treinamento.



Fonte: sportv.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário