Após tetra mundial, Seleção de futebol de 5 mira quarto título paralímpico em 2016 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Após tetra mundial, Seleção de futebol de 5 mira quarto título paralímpico em 2016

Compartilhe

As comemorações pela conquista do tetracampeonato mundial em Tóquio, no Japão, duraram apenas um dia para a seleção brasileira. A equipe treinada por Fábio Luiz Vasconcelos, que venceu a Argentina na decisão durante a manhã desta segunda-feira, já traça planos para o maior objetivo: conseguir a quarta medalha de ouro da modalidade nos Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O Brasil foi campeão em Atenas (2004), Pequim (2008) e Londres (2012).

O Mundial, aliás, era mais um objetivo a ser cumprido antes das próximas Paralimpíadas. A primeira meta atingida na caminhada rumo a 2016 foi o pentacampeonato na Copa América, em 2013. Depois da conquista no Japão, ainda haverá mais uma taça a ser conquistada no Parapan-Americano de Toronto, no ano que vem.  

- A conquista do Mundial foi muito importante para mostrar que a Seleção manteve o mesmo alto nível que tínhamos apresentado em Londres 2012. Tivemos jogos difíceis contra a China, a Argentina, mas conseguimos superar as dificuldades. Agora, é manter para chegar ao Rio de Janeiro com chances de ouro. Sabemos que todos os países que forem aos Jogos vão tentar tirar a nossa hegemonia em casa, mas não vamos deixar - afirmou o treinador da Seleção, Fábio Luiz Vasconcelos.

A invencibilidade brasileira já dura sete anos. Apesar de tanto tempo no topo, os jogadores garantem que a sede de vitórias e por conquistas não diminuem em nada. Artilheiro e melhor jogador do Mundial, o pivô Ricardinho garante que a equipe se cobra para atingir o objetivo maior, a medalha de ouro nas Paralimpíadas.

- A pressão pela medalha de ouro no Rio 2016 já vem há tempos. Nos cobramos tanto que, na rodinha para comemorar o título ontem, já foi falado sobre 2016. A gente comemora o título, mas já pensamos no futuro. A batalha será grande - disse Ricardinho.

- Nosso pensamento, desde o início do novo ciclo, foram os Jogos do Rio. Todos os treinamentos que fizemos e todas as competições que disputamos foram pensando no Rio 2016. Queremos chegar 100% para buscar o ouro e fazer a torcida feliz - corroborou Jefinho, autor do gol do tetracampeonato mundial contra a Argentina. 

A disputa do Parapan-Americano de Toronto, no entanto, promete trazer ainda mais dificuldades para a seleção brasileira conquistar o primeiro lugar do pódio. Isso porque a equipe deve ser mista, contando com muitas caras novas, servindo de teste para as Paralimpíadas.

- Vamos levar uma seleção mista para dar experiência de jogo e de competição internacional para alguns atletas. Precisamos estar com todos preparados para os Jogos do Rio de Janeiro - afirmou Fábio Luiz Vasconcelos.


Foto: CPB
Fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário