Mesmo com o título do Grand Prix, Jaqueline se diz preocupada em relação ao vôlei brasileiro - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Mesmo com o título do Grand Prix, Jaqueline se diz preocupada em relação ao vôlei brasileiro

Compartilhe

A insatisfação de uma das melhores jogadores da Seleção Brasileira de Vôlei sobre a fase em que vive o vôlei brasileiro vai além do favoritismo ou não para o Campeonato Mundial deste ano.

Para a ponteira Jaqueline, os atletas estão deixando o país e indo jogar fora. Ela mesmo se encontra sem time desde abril de 2013, quando jogava pelo Osasco, quando se ausentou devido o nascimento do seu filho, Arthur, com o também jogador de vôlei Murilo.

(Foto: Reprodução / Vipcomm)


Após o nascimento de seu filho, nenhuma equipe quis a contratar, devido seu ranqueamento de grau máximo (7) – o estatuto permite que cada clube tenha apenas duas atletas nessa categoria. O foco agora, segundo a jogadora, é o Campeonato Mundial, que se inicia no final de setembro, na Itália. Título que a seleção bi-campeã olímpica não possui.

Sendo questionada sobre o vôlei brasileiro, sobre a situação dos clubes e campeonatos internos, Jaqueline diz: “Acho que precisa melhorar, com certeza. Há muitas jogadoras indo embora, e isso é preocupante. Daqui a dois anos teremos Jogos Olímpicos. Espero que melhore, mas eu só espero... No ano que vem eu espero ir embora com o Murilo, e aí são dois anos. É muito preocupante, mas eles fizeram por onde isso acontecer”.


O Campeonato Mundial de Vôlei Feminino começa no dia 23 de Setembro e vai até 12 de Outubro, na Itália.




Fonte: folha.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário