Dirigentes da WADA chegam a Jamaica para começar a auditoria no comitê anti-doping local.



Três dirigentes importantes da WADA (Agência Mundial Anti-Doping) chegaram na última segunda feira na Jamaica para conduzir a auditoria na JADCO (Comitê Anti-Doping da Jamaica).

A auditoria começa após várias criticas em relação a vários atletas importantes do país flagrados em exames anti-doping.

Rob Koehler (Diretor de Programas Educacionais), Rune Andersen (diretora de harmonização dos padrões) e Kerwin Clarke (diretor do programa de desenvolvimento) chegaram em Kingston (JAM) e foram direto para uma reunião com o pessoal da JADCO.

Eles irão examinar o programa de testes anti-doping do orgão jamaicano, o pessoal que trabalha lá, os programas educativos, a direção e os casos de resultados adversos achados em andamento contra alguns atletas.

A auditoria começa após a fracassada tentativa de colocar a mesma para o ano que vem, o que deixou a direção da WADA furiosa, chegando a cogitar a exclusão do país de competições, incluindo os Jogos Olímpicos, por não estar de acordo com o Código Anti-Doping.


Fonte: Reuters

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top