Central de concreto é instalada em obras do Parque Olímpico Rio 2016 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Central de concreto é instalada em obras do Parque Olímpico Rio 2016

Compartilhe


Para não correr o risco de ficar fora do prazo de entrega estabelecido pelo Comitê Olímpico Internacional, a Concessionária Rio Mais, responsável por grande parte das obras do Parque Olímpico Rio 2016, instalou uma central de concreto usinado no canteiro de trabalhos na Barra da Tijuca. O material produzido será usado na construção dos três pavilhões esportivos que formarão o futuro Centro Olímpico de Treinamento (COT), do Centro Internacional de Transmissão (IBC) e da infraestrutura do local.


A central tem capacidade para produzir 305 mil metros cúbicos de concreto, volume suficiente para construir seis estádios com capacidade para 50 mil pessoas. Na semana passada, Sebatian Coe, presidente do Comitê Olímpico Britânico (BOA, na sigla em inglês), visitou nesta terça-feira as obras da Vila Olímpica, na Barra da Tijuca e do Parque de Deodoro. Faltando menos de três anos para a Cerimônia de Abertura, marcada para o dia 5 de agosto de 2016, a experiência como atleta e dirigente está sendo usada em prol da competição.

Na Vila Olímpica as fundações de todos os 31 prédios de 17 andares estão prontas. Três estão com as obras bem adiantadas. Cerca de 20% da obra está concluída. Segundo o projeto de Rio 2016, o Parque Olímpico será constituído por nove instalações: Arena Olímpica do Rio; Centro Aquático Maria Lenk; Centro Olímpico de Tênis; Estádio Olímpico de Desportos Aquáticos; Velódromo Olímpico do Rio; além dos Halls Olímpicos 1, 2 e 3. Ao todo, provas de 32 modalidades olímpicas e paralímpicas serão disputadas no complexo durante os Jogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário