Guia do Mundial de Judô 2013 - Parte III - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Guia do Mundial de Judô 2013 - Parte III

Compartilhe



Hora de mais uma parte do Guia do Mundial de Judô 2013. Depois de postar as primeiras impressões das categorias mais leves, chegamos às médias: Masculino -73kg e -81kg; e Feminino -57kg e -63kg. Os brasileiros das categorias são nomes em ascensão buscando consolidarem-se no Mundial, ou atletas que já brilharam e buscam voltar aos primeiros lugares.

-57kg Feminino

Rafaela Silva - Foto: Flávio Florido/UOL
Brasileiras: Rafaela Silva e Ketleyn Quadros
Principais adversárias: Automne Pavia (FRA), Corina Caprioriu (ROU), Sumiya Dorjsuren (MGL)
Quando será: Quarta-feira, 28 de agosto
Atual campeã: Aiko Sato (JPN)

Na disputa dos -57kg feminino, Rafaela Silva terá a chance de conquistar o ouro que lhe escapou no último Mundial, em 2011. Na ocasião, ela perdeu para Aiko Sato, do Japão. Sem a adversária no caminho, as chances de chegar à final são grandes. Um título seria ótimo para exorcizar os fantasmas de Londres-2012, quando foi duramente criticada nas redes sociais e se exaltar com alguns desses críticos após ser derrotada nas quartas de final. Quem também busca um grande resultado no Rio de Janeiro é a judoca Ketleyn Quadros. Medalhista de bronze na Olimpíada de Pequim-2008, a atleta ficou de fora em Londres-2012 após o crescimento de Rafaela, e terá uma nova chance de mostrar que ainda é a melhor brasileira na categoria até 57kg.

As principais adversárias são a atual medalhista de prata olímpica Automne Pavia, da França, que além da prata no Masters de Moscou, tem vitórias em Grand Slams e no Europeu no ano de 2013; Sumiya Dorjsuren, da Mongólia, que é atual campeã do Masters; e a romena Corina Caprioriu, bronze em Londres-2012, que anda em baixa, mas promete incomodar. As atuais campeãs olímpica (Kaori Matsumoto) e mundial (Sato) não estarão no Rio de Janeiro.

-73kg Masculino

Bruno Mendonça - Foto: AFP
Brasileiro: Bruno Mendonça
Principais adversários: Nyan-Ochir Sainjargal (MGL), Riki Nakaya (JPN), Dex Elmont (NED)
Quando será: Quarta-feira, 28 de agosto
Atual campeão: Riki Nakaya (JPN)

Os resultados de Bruno Mendonça no ano de 2013 são, de certa forma, satisfatórios: prata no Grand Slam da Rússia, bronze no Pan-Americano, e Top-8 no Masters. O que traz pouca esperança em um resultado excelente neste Mundial. O judoca brasileiro dependerá bastante do apoio da torcida para empurrá-lo e quem sabe, alcançar seu resultado mais expressivo na carreira.

O retrospecto dos favoritos é melhor: Riki Nakaya é o atual campeão mundial, e faturou a prata nos Jogos Olímpicos. Porém, Nakaya ainda está devendo uma boa atuação, e o Mundial de Judô é o cenário perfeito para o medalhista. Nyan-Ochir Sainjargal, da Mongólia, é quem vem comandando a categoria, liderando o ranking: vitória no Masters de Moscou, vice no Asiático, e vencedor do Grand Prix em casa, além da medalha de bronze na Olimpíada de Londres-2012. E Dex Elmont, da Holanda, que tem a prata no Masters como melhor resultado em 2013; além da prata no Mundial-2011, e o 4° lugar em Londres-2012.

-63kg Feminino

Katherine Campos - Foto: Flávio Florido/UOL
Brasileira: Katherine Campos
Principais adversárias: Kana Abe (JPN), Yarden Gerbi (ISR), Clarisse Agbegnenou (FRA)
Quando será: Quinta-feira, 29 de agosto
Atual campeã: Gevrise Émane (FRA)

Nessa categoria, as chances de medalha para o Brasil são mínimas. Katherine Campos teve como melhor resultado uma prata no Pan-Americano 2013. É pouco para uma atleta que busca estar entre as principais do mundo.

Enquanto isso, entre as favoritas podemos citar a japonesa Kana Abe, que aproveitou a saída de Yoshie Ueno do posto de principal judoca japonesa da categoria. Kana tem como principal resultado o título no Masters de Moscou-2013. Outro nome que cabe menção é o da israelense Yarden Gerbi, que possui dois títulos de Grand Slam e o vice no Masters. E também, a francesa Clarisse Agbegnenou, campeã europeia e dois títulos de Grand Prix.

-81kg Masculino

Victor Penalber - Foto: Divulgação/CBJ
Brasileiro: Victor Penalber
Principais adversários: Ivan Nifontov (RUS), Avtandil Tchrikishvili (GEO)
Quando será: Quinta-feira, 29 de agosto
Atual campeão: Kim Jae-Bum (KOR)

Victor Penalber aproveitou a lesão de Leandro Guilheiro para crescer no cenário mundial. E com sucesso: é o atual líder do ranking mundial. Mas ainda falta um resultado de maior expressão para o atleta. Chegou ao bronze no Masters de Moscou e venceu o Pan-Americano da modalidade. Mas falta vencer em uma grande competição, e o Rio de Janeiro é o cenário para o atleta brilhar e justificar sua liderança.

Para a "sorte" de Victor, o atual campeão olímpico e mundial não estará presente. Kim Jae-Bum é outro na lista de lesionados, e está de fora do Mundial-2013. Mas ainda há alguns judocas que ameaçam o sonho de Victor. O russo Ivan Nifontov é um deles. Bronze em Londres-2012, ele conseguiu o título no Masters de Moscou, e busca manter o bom retrospecto no ano. O vizinho de Nifontov, Avtandil Tchrikishvili (GEO), campeão mundial em 2010 não obteve bons resultados na Olimpíada e nem no último mundial, mas o recente título no Europeu-2013, o bronze no Masters e títulos nos Grand Prix o credenciam a favorito a medalhas. Enfim, uma categoria um tanto imprevisível.

Amanhã, teremos a última parte do nosso Guia, com as categorias 90kg a +100kg no masculino; e no feminino, de 70kg a +78kg.

Nenhum comentário:

Postar um comentário