Mundial de Esportes Aquáticos 2013 – Dia 11

Ledecky destroça recorde mundial dos 1500m livres



No 11º dia de competições em Barcelona, destaque para a fortíssima prova dos 1500m livres feminino no Palau Sant Jordi, que marcou mais uma quebra de recorde mundial na competição.

Nos saltos ornamentais em grandes alturas saíram as primeiras medalhas da história do esporte em Mundiais. O ouro ficou com Cesilie Carlton (EUA), que acumulou 211.60 pontos, enquanto a prata ficou com sua compatriota Ginger Huber, com 206.70, e o bronze para Anna Bader (Alemanha), com 203.90.

Na natação o francês Yannick Agnel dominou a prova dos 200m livres masculino, assumindo a ponta desde a primeira virada para confirmar o título olímpico conquistado em Londres com o tempo de 1:44.20. Ryan Lochte largou mal e ficou de fora do pódio, na quarta colocação, superado por seu compatriota Conor Dwyer e o russo Danila Izotov.

Nos 100m costas feminino a norte-americana Missy Franklin confirmou as expectativas e venceu a prova com tranquilidade, nadando abaixo dos 59 segundos (58.42), enquanto a prata ficou com a australiana Emily Seebohm e o bronze com a japonesa Aya Terakawa. Na final masculina, dobradinha norte-americana, Matt Grevers ficou com o ouro e David Plummer com a prata. O francês Jérémy Stravius, que virou os primeiros 50 metros na primeira colocação terminou em terceiro.

A prova dos 1500m feminino mostrou que pode ser emocionante com a disputa intensa entre Katie Ledecky e Lotte Friis. As duas nadaram a maior parte do tempo na frente da linha do recorde mundial e realizaram uma disputa interessante pela primeira colocação. Friis liderou das parciais dos 300m até a dos 1250m, quando foi ultrapassada por Ledecky, que em ótima forma, destruiu o recorde mundial com o tempo de 15:36.53. A dinamarquesa Lotte Friis também terminou abaixo do antigo recorde, com o tempo de 15:38.88. Lauren Boyle bateu o recorde da Oceania, com 15:44.71, e ficou com o bronze.

Na final dos 100m peito feminino a lituana Rūta Meilutytė, que bateu o recorde mundial da prova na semifinal, nadou um pouco acima da sua marca de ontem, mas seus 1:04.42 foram suficientes para garantir o ouro. A russa Yuliya Yefimova ficou com a prata e a norte-americana Jessica Hardy com o bronze. Crescem ainda mais as expectativas sobre Meilutytė, que já possui o título olímpico e mundial aos 16 anos.

Brasileiros disputaram semifinais hoje. Nos 50m borboleta masculino João Gomes conseguiu a classificação para a final com o terceiro melhor tempo, enquanto Felipe Lima, medalhista de bronze nos 100m, foi eliminado com o 9º tempo das semifinais. Nos 200m borboleta Leonardo de Deus também se classificou para a final.

Confira os resultados oficiais das provas disputadas hoje:
200m livres masculino
100m costas feminino
1500m livres feminino
100m costas masculino
100m peito feminino

Nas quartas de finais do polo aquático masculino a arrasadora Sérvia foi eliminada por Montenegro em um jogo muito disputado, em que os montenegrinos conseguiram uma virada no último quarto de jogo. Confira os resultados: Grécia 3x9 Hungria; Croácia 7x6 Austrália; Sérvia 8x9 Montenegro; Itália 4x3 Espanha.

As semifinais serão disputadas entre Hungria x Croácia e Montenegro x Itália. Garantia de bons jogos para quinta-feira.

Com as medalhas conquistadas hoje os Estados Unidos ultrapassaram a Rússia na segunda colocação do quadro de medalhas do Mundial de Esportes Aquáticos:

Pos País – Ouro / Prata / Bronze
1º China – 10 / 6 / 2
2º Estados Unidos – 7 / 6 / 4
3º Rússia – 7 / 4 / 3
4º Alemanha – 3 / 2 / 4
5º Brasil – 2 / 2 / 3

Amanhã dia movimentado com finais nos saltos ornamentais em grandes alturas e natação, além das semifinais do polo aquático feminino.

Postar um comentário

To Top