COB envia equipamentos e diz que Zanetti não vai competir por outro país

Foto: Divulgação/Rede Globo
O Comitê Olímpico Brasileiro já está preparando a melhora de estrutura de treinamento do campeão olímpico Arthur Zanetti, em São Caetano do Sul, São Paulo. Após o ginasta declarar em entrevista ao Esporte Espetacular, neste domingo, que está treinando com equipamentos modestos e até cogita competir por outro país, a entidade se pronunciou nesta segunda-feira e garantiu que o atleta receberá nova aparelhagem já nesta semana e que continuará representando o Brasil nas próximas competições, inclusive nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. De acordo com o COB, o clube onde Zanetti treina já recebeu parte dos equipamentos prometidos. (assista ao vídeo do Globo Esporte com a repercussão da entrevista do EE)

- Conversei com ele e com o Goto no domingo e hoje pela manhã. Não há a menor possibilidade de o Zanetti representar outro país. Ele vai representar o Brasil tanto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015, quanto nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 - disse Marcus Vinícius Freire, superintendente executivo do COB.

Quanto à falta de estrutura no SERC/São Caetano do Sul, clube onde treina o campeão olímpico das argolas, a entidade já vinha negociando com o técnico Marcos Goto a compra de novos equipamentos há três meses. O acordo foi fechado há cerca de 30 dias e parte do material já chegou na cidade. A próxima leva, segundo o dirigente, será transferida para São Caetano do Sul nesta terça-feira.

- No caso do Zanetti, já estávamos acordados há 30 dias. É um investimento de R$ 500 mil em equipamentos de ginástica e de força de condicionamento - esclareceu Freire, lembrando que outros cinco clubes receberão novos aparelhos: Pinheiros, Minas, AABB-SP, Cegin e Grêmio Náutico União.

Procurado pelo GLOBOESPORTE.COM nesta segunda-feira, Goto confirmou o recebimento dos equipamentos e a promessa daqueles que estão para chegar. De acordo com o treinador, várias partes estão tentando melhorar a estrutura do local. Ele ainda exaltou os esforços do COB, da Prefeitura de São Caetano do Sul, da Confederação Brasileira de Ginástica e do Ministério do Esporte.

- Está todo mundo ajudando. O COB está nos dando os equipamentos e já tem um projeto da prefeitura e do Ministério do Esporte para construir um centro só para a ginástica. A confederação tem aí R$ 7 milhões para entrar com aparelhos. As coisas estão melhorando aos poucos. Elas não mudam da noite para o dia - afirmou Goto. 
Globo Esporte

Postar um comentário

To Top