Ted Ligety continua a "limpa" no Mundial de Esqui Alpino com ouro no Slalom Gigante - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ted Ligety continua a "limpa" no Mundial de Esqui Alpino com ouro no Slalom Gigante

Compartilhe


E os Estados Unidos, definitivamente, não ficaram "órfãos" com a lesão que tirou Lindsey Vonn do Mundial de Esqui Alpino 2013, realizado em Schladming (AUT). Ted Ligety conquistou seu terceiro ouro nesta edição de mundial - durante a disputa do Slalom Gigante, e ainda tornou-se o primeiro homem depois de 45 anos a fazer uma trinca na mesma edição de Mundial de Esqui Alpino (o último foi Jean-Claude Killy, em 1968).

Ligety foi soberano durante toda a final. O norte-americano fez a melhor 1ª parcial, colocando um segundo de diferença no 2° colocado até àquele momento, o norueguês Aksel Lund Svindal. Atrás, em terceiro, vinha o ídolo local Marcel Hirscher.

E Hirscher vinha com fome de vitória, ainda não havia conquistado ouros em Schladming, e a Áustria ainda não havia tido atletas campeões em provas individuais (apenas na de equipes, que é uma prova não-olímpica). O austríaco fez uma segunda parcial maravilhosa, 1m15s28, e pôs alguma pressão em Ted. Porém, o norte-americano contava com o grande tempo feito na primeira descida, e ainda conseguiu ter um início de 2ª descida forte, colocando um segundo à frente de Hirscher. Ligety tirou o pé no final e assim, acabou fechando a bateria com um tempo um pouco "pior" que o do austríaco, mas o suficiente para garantir o ouro.

Aksel Lund Svindal errou em um dos pontos da 2ª descida e terminou com o 4° tempo geral, deixando o bronze "de presente" para o italiano Manfred Mölgg.

A prova contou com a participação de dois brasileiros. Fábio Guglielmini errou na sua primeira descida na eliminatória e decidiu não terminar a prova. Jhonathan Longhi teve mais sorte: avançou para a final, porém acabou desqualificado ao errar justamente no último pórtico.

E essa disputa também marcou a primeira transmissão de uma prova via web rádio por parte da equipe do Surto Olímpico. Domingo teremos mais, com a transmissão do Slalom masculino. Tudo isso, para começar a preparação rumo a Sochi, na qual iremos tentar fazer boas coberturas radiofônicas aos nossos leitores.

Amanhã, é dia da final do Slalom feminino, a partir de 07:30 da manhã (primeira descida) e 10:30 (última descida).

Nenhum comentário:

Postar um comentário