2+0+1+2 perguntas para: Alexandre Pussieldi - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

2+0+1+2 perguntas para: Alexandre Pussieldi

Compartilhe

O décimo terceiro entrevistado do 2+0+1+2 é o Treinador de Natação e comentarista do SPORTV, Alexandre Pussieldi.



Fale um pouco da sua da sua vida e sua relação com a Natação.

Comecei a nadar aos 4 anos no Gremio Nautico Uniao em Porto Alegre. La passei toda minha vida como atleta. Naquela epoca era bem mais dificil trocar de clube, voce tinha de ser uma super estrela, e eu nunca fui. Alias, sempre fui lider no grupo, nadador de destaque para pontuacao, mas nunca fui estrela. Tambem fui leao de treino, mas acho que estava mais para "gatinho" na competicao.

Ser treinador tambem foi outra peregrinacao. Queria ser tecnico, mas minha familia queria que eu fizesse outra coisa, nao somente a educacao fisica. Acabei fazendo jornalismo e educacao fisica. Depois de varios anos no jornalismo decidi voltar para a borda da piscina e nunca mais larguei. Com muito orgulho posso dizer que ganho dinheiro com o que amo em fazer.

Como você analisa a evolução da natação brasileira desde a prata de Ricardo Prado em Los Angeles até o ouro de Cielo em Pequim?

O Brasil sempre viveu de talentos e continua assim. Nao temos programa, nunca tivemos, e talvez nunca iremos ter. Na atualidade, temos uma elite incrivel, um trablaho muito bem feito, mas embaixo nao ha nada, nada. Ou melhor, ha o talento, o trabalho dos abnegados do esporte. Nada organizado, infelizmente nao eh o futuro que gostariamos de ter.

O que esperar dos nadadores brasileiros nos Jogos de Londres?

Acho que o grupo eh melhor do que em Beijing. A medalha em Beijing podia ou nao acontecer, agora em Londres vai acontecer e todo mundo sabe disso. Acho que temos chance para mais uma ou duas medalhas alem das duas do Cielo.

Quais serão os principais nomes da piscina britânica, fora os brasileiros? Phelps, Magnussen, Lochte, os nadadores chineses?

Entre os homens, fora os três que voce citou, Kosuke Kitajima, Sun Yang e o americano Nathan Adrian. Nas mulheres, Camille Muffat, Rebecca Adlington e Rebecca Soni.

Quais são os seus palpites para Londres? Quantas medalhas o Brasil vai ganhar? Qual país irá conquistar mais medalhas na natação? Qual será a revelação e qual será a decepção das piscinas?

Dois com certeza, Cielo nos 50 e 100 livre, apostando ouro nos 50, e qualquer cor nos 100 ta valendo. Acho que ainda temos chances d emedalha com Thiago nos 200 medley, os 100 peito masculino e o revezamento 4x  100 medley. Se for para apostar, diria 4 medalhas.

Natacao é americana, mesmo com as mulheres sem estar no mesmo nível dos Jogos anteriores. Acho que Chad Le Clos vai ser a revelação masculina e o no feminino aposto na holandesa Ranomi Kromodjojo.
Decepção para este ano fica com as voltas que não aconteceram. Aqueles atletas que fizeram mais carnaval do que resultado e nem vão aos Jogos como Michael Klim, Ian Thorpe e talvez Dara Torres e outros. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário