Papo do chá das cinco sobre...os Beatles - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Papo do chá das cinco sobre...os Beatles

Compartilhe

Por Juliana Trombini (@juh_trombini)


Quando se trata da cultura da Inglaterra, uma das referências mais lembradas são os Beatles. A banda formada em Liverpool, na década de 60, por John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr foi e ainda é a principal influência de muitas bandas posteriores, não apenas no território inglês, como em âmbito mundial.

Apesar de ser uma banda inglesa, foi na Alemanha que encontrou seu espaço. Nos bares e pubs do bairro de Sankt Pauli, em Hamburg, chegaram a tocar por 6 horas consecutivas todos os dias. Na primeira ida à Hamburg, o baixista era Stuart Stucliffe (Considerado por muitos o “Quinto Beatle”), mas ele casou-se e não saiu da cidade alemã.

        Beatles-Platz, em Hamburg, em homenagem a banda com os 4 membros


O famoso visual dos Beatles foi criado pela Astrid Kirchherr, esposa do ex-baixista Stuart Stucliffe, que cortou o cabelo do marido desta forma e foi adotado por todos os membros da banda. Fatos curiosos aconteceram com os integrantes quando estavam em Hamburg como a deportação de George Harrison por ter mentido sua idade em 1960 (na época, com 17 anos) e dos demais integrantes por terem incendiado o quarto do hotel acidentalmente.

Ringo Starr só entrou para a banda em 1962, com a demissão do antigo baterista Pete Best.


A Beatlemania começou com a ida da banda aos Estados Unidos em 1964 pela tamanha popularidade que alcançaram em pouco tempo em solo norte-americano em pouco tempo. As bandas inglesas e europeias em geral devem muito aos Beatles por terem sucesso nos Estados Unidos, pois a Beatlemania abriu o caminho para demais bandas fora do território nacional também serem populares e aclamadas. Os shows que ocorrem em estádios e arenas foram iniciativa dos Beatles. Contra todas as dificuldades e pessimismo, eles fizeram o primeiro concerto histórico do rock em estádio aberto no estádio de baseball Shea Stadium, em New York, para 55.600 pessoas.

                                      O “quinto Beatle” Stuart Stucliffe


Apesar da dissolução da banda em 1970 e com cada membro seguindo um caminho diferente, é indiscutível que a popularidade não diminuiu. Músicas como Yellow Submarine, Yesterday e Help tornaram-se ícones e hinos através de muitas gerações.


Atualmente apenas Paul McCartney e Ringo Starr continuam vivos até hoje, o primeiro sendo considerado o maior artista vivo. John Lennon foi assassinado em dezembro de 1980 e George Harrison morreu de câncer em 2001. Mas não foi só de músicas que a banda tornou-se a mais famosa até os dias de hoje. O caráter e a atitude diferenciada foram fundamentais para cativar o público.


No entanto, não é apenas de Beatles que a música inglesa é feita. Grandes nomes como Oasis, Noel Gallagher, Pink Floyd, Eric Clapton, Rolling Stones, Beady Eye, Queen, Black Sabbath, Coldplay, Iron Maiden e Muse também são referências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário