Original Dream Team 20 anos- parte 3 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Original Dream Team 20 anos- parte 3

Compartilhe


Por Marcos Antônio (@blog_gpseries)

David Robinson estava em quadra quando os Estados Unidos sofreram sua primeira derrota em solo americano em sua história. O país que detinha um basquetebol tão imbátivel que mesmo mandando seus jogadores amadores eram campeões mundiais e olímpicos. Mas dessa vez, em um simples pan americano, eles perdiam. Para a seleção brasileira, uma vitória épica e histórica para os brasileiros. 5 anos depois, David Robinson já era um dos grandes jogadores da NBA. E fazendo parte do Dream Team, Robinson teria sua vingança. Sim, vingança, por mais o que os americanos ignorassem esse fato aquela derrota foi doída, até demais. E o Brasil sonhava em ser um pesadelo para o time dos sonhos...
O Jogo começou cercado de expectativas, o Dream Team já tinha mostrado que era praticamente imbatível e eles enfrentariam uma seleção que tinha um ataque potente e eficiente com Marcel e Oscar como cestinhas. Mais uma vez, o Dream Team não poderia contar com john Stockton e Magic Johnson contundidos. Quando a bola subiu, primeira cesta do jogo foi uma bela bola de 3 pontos de Paulinho Villas Boas. pós quase incríveis dois minutos sem fazer cesta, o Dream team fazia dois pontos com uma cravada de Charles Barkley. O Brasil faz 5 a 2 com Gérson e depois um lance incrível com várias tentativas de arremessos de  Barkley, onde ele errava e pegava o rebote ofensivo, até sofrer a falta.

Depois de um arremesso errado de Oscar, no contra ataque Michael Jordan fazia dois pontos e punha os Estados Unidos na frente. mas logo depois, Oscar fazia 3 pontos. até agora, nenhum time tinha disputado a dianteira do placar por tanto tempo com os americanos. Faltavam 16:40 para o fim do primeiro tempo. Se no jogo contra a Croácia, Drazen Petrovic era quem dava um sopro de esperança aos croatas, nesse jogo era Oscar e suas incríveis bolas de 3, que estavam deixando o Brasil na frente nesse início de jogo. Paulinho villas Boas tinha uma ótima atuação também e com 15 minutos o Brasil estava na frente por 13 X11.

David Robinson faz dois pontos, mas Villas boas responde e marca. 15X13 Brasil. 7 pontos de Villas Boas, 6 de Oscar. No lado americano, Barlkey era o cestinha, e o responsável pelo Dream Team passar a frente pela primeira vez no placar, com 17x15. 10 pontos de Barkley. O Brasil depois disso viu os Amercianos dispararem e serem muito superiores no jogo, mas até aquele momento, eles tinham sido o time que mais demoraram a sucumbir ao poderio deles. Abaixo, o vídeo com a partida completa do Brasil contra o Dream Team.


O jogo terminou com 127 X 83 para o Dream Team, com incríveis 30 pontos para Barkley e 19 para Chris Mullin. Do lado brasileiro, ficou o consolo de ser a equipe que mais resistiu e mais fez pontos no time americano até agora na competição e receber alguns elogios dos jogadores americanos, como Cadum, que recebeu elogios de ninguém menos do Magic Johnson, que assistiu a partida.E Oscar apostou com Pippen quem acertava mais arremessos de 3 pontos.Oscar Acertou 5 em 10. Pippen, 2 em 4..Oscar foi cestinha brasileiro com 24 pontos, seguido de Villas Boas com 16.  Agora, os EUA cumnpririam tabela contra a Espanha e aguardariam seu adversário nas quartas de final.


Próximo capítulo, duelos contra a Espanha e as quartas de final contra Porto Rico.


Nenhum comentário:

Postar um comentário