Presidente da IWF alerta imprudência da Tailândia em tentativa de retorno antecipada ao levantamento de peso


O presidente da Federação Internacional de Halterofilismo (IWF), Tamás Aján, acusou a Tailândia de agir imprudentemente ao tentar retornar para as competições mesmo estando suspensa. O país asiático tem o pior histórico de doping recente no levantamento de peso, colocando em risco o futuro de todo o esportes, segundo Aján em carta redigida ao Major-General Intarat Yodbangtoey, primeiro vice-presidente da IWF.

Mesmo com os diversos casos envolvendo seus atletas, a Tailândia tentou antecipar seu retorno às competições, decisão mau vista pelo presidente da IWF. "Todos sabemos que o esporte de levantamento de peso está em perigo desde 2017 e o status do esporte no programa olímpico ainda está ameaçado, considerando a pressão do COI sobre nossos ombros", escreve Aján.

"A retirada explícita da federação tailandesa dos campeonatos mundiais de [2019] e o processo de qualificação olímpica foi uma das considerações importantes do Conselho Executivo do COI na sua decisão de março de 2019 de suspender o status provisório da inclusão do levantamento de peso no programa da Jogos Olímpicos de Paris 2024" destacou o presidente.

Aján ainda completou dizendo que "ignorar as várias mensagens concretas do COI e a decisão clara mencionada do Tribunal Suíço é absolutamente imprudente e sugere que você está mais preocupado com seus próprios interesses nacionais do que com o interesse mundial do levantamento de peso".

A Federação de Halterofilismo Amadora da Tailândia (TAWA) foi retirada das competições internacionais sem qualificar nenhum atleta para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Em março deste ano, nove integrantes da equipe tailandesa no Campeonato Mundial da IWF 2018 tiveram resultado positivo, incluindo dois campeões olímpicos no Rio 2016, Sukanya Srisurat e Sopita Tanasan.

Desde então, o país teve mais duas violações de doping: um levantador masculino de 23 anos e uma atleta de 17 anos que perdeu sua medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, segundo o site britânico de notícias olímpicas insidethegame.

Foto: Goh Chai Hin/AFP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes