Encontro da Seleção Brasileira de Skate conta com medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima


A Confederação Brasileira de Skate (CBSk) promoveu encontro da seleção nacional na segunda (18), no Centro de Treinamento Time Brasil, no Rio de Janeiro, com presença do medalhista olímpico e ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima. Em ação realizada em parceria com o Comitê Olímpico do Brasil (COB), os skatistas brasileiros realizaram avaliação médica e física sob acompanhamento dos membros da comissão técnica da CBSk.

"O encontro é um momento importante para estarmos juntos fora do ambiente de competição. É nossa oportunidade de dialogar e refinar o planejamento para a segunda janela da corrida olímpica. A presença do Vanderlei nos inspirou ainda mais para esse ciclo. Só temos a agradecê-lo pela experiência", destaca Eduardo Musa, presidente da CBSk.

Medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004, Vanderlei Cordeiro de Lima liderava a prova quando foi agarrado pelo ex-padre irlandês Cornelius Horan. Essa é outras tantas provas de superação foram compartilhadas pelo ex-maratonista.

“Foi um dia muito prazeroso poder estar aqui com a galera do skate e contar um pouco da minha história, dessa trajetória, dessa busca para se tornar atleta olímpico, dessa busca para alimentar o sonho de se tornar um medalhista olímpico. É muito legal poder inspirar e motivar quem está indo para os Jogos Olímpicos pela primeira vez”, afirma Vanderlei.

“Sou o caçula de quatro irmãos. Passei a minha vida ouvindo o que as pessoas mais velhas tinham para contar porque elas tinham mais experiência para passar. Me senti da mesma forma aqui hoje. Aquele filho caçula que estava aqui só absorvendo tudo que ele tinha para dizer. Tenho certeza que ele torce muito pela gente”, destaca Murilo Peres, integrante da seleção brasileira de Park.

Atuaram no encontro os consultores técnicos Edgard Pereira, o Vovô (Park), e Roger Mancha (Street), o coordenador técnico Julio Detefon, o médico Maurício Zenaide, os fisioterapeutas Alison Paz e Carlos Barreto e a psicóloga Juliane Fechio. Além deles, Sandro Dias, diretor de Esportes da CBSk, também marcou presença e conversou com os atletas da seleção brasileira.

Durante todo o período da manhã, os skatistas brasileiros passaram por diversas avaliações no laboratório olímpico do CT Time Brasil.

“A ideia é fazer uma avaliação médica e física de todos eles abordando vários aspectos. Com isso a gente vai confirmar que todos estão aptos a fazer o esporte sem riscos para a saúde e otimizar os eventuais déficits. Queria agradecer todos os profissionais que estão aqui atendendo nossos atletas. É uma estrutura realmente fantástica com academia e todos os testes clínicos necessários”, completa Maurício Zenaide, médico da CBSk.

Brasil nas Olimpíadas
A partir dos critérios estabelecidos para as Olimpíadas, o Brasil poderá contar com até 12 atletas no total em Tóquio - três no Park feminino, três no Park masculino, três no Street feminino e três no Street masculino.

A participação desse número limite dependerá do desempenho dos brasileiros nas duas janelas classificatórias, seguindo as prerrogativas mencionadas anteriormente.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes