COB encerra capacitação de mais treze atletas para a transição de carreira e o mercado de trabalho


Na quarta-feira (27) foi dia de festa na sede do Comitê Olímpico do Brasil (COB). Isso porque foi realizada a Formatura de treze atletas que compuseram a sétima Edição do Núcleo de Transição de Carreira do Programa de Carreira do Atleta (PCA Transição 2019). A ação do Instituto Olímpico Brasileiro (IOB), braço educacional do COB, tem o objetivo de oferecer uma série de palestras e dinâmicas que visam contribuir com a capacitação dos atletas para que eles possam se preparar para realizar a transição de carreira e enfrentar o mercado de trabalho, de forma planejada e coerente com suas aptidões. 

“O atleta muitas vezes não entende qual é o valor de mercado dele e quais são as formas que ele tem de monetizar o desempenho esportivo dele. Temos muito conhecimento de treinamento e performance, mas quase não tem o conhecimento do que fazer com os resultados. O PCA dá a oportunidade para atletas como eu, que nunca tiveram um plano de negócios para usar na carreira, pensem sobre isso. E, claro, nós já podemos repassar a necessidade de aprender isso para outros atletas durante a carreira”, disse Diogo Silva, do taekwondo, quarto lugar nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 e 5º em Londres 2012.

Durante este III Módulo Presencial, especialistas da área de gestão e atletas olímpicos como Antonio Carlos Moreno, entre outros profissionais, participaram do Módulo, trazendo temas como Empreendedorismo e Transição de Carreira. A abertura foi feita pelo vice-presidente do COB, Marco Antônio La Porta, e Soraya Carvalho foi a responsável por divulgar aos atletas os resultados do PCA.

“Gostei muito de conhecer a história dos ex-atletas, saber o que eles passaram e ver que eu também vivo isso. Sei o quanto ser atleta é desafiador”, disse Keila Costa, bronze no Mundial Indoor Doha 2010 no salto em distância e prata no salto triplo nos Jogos Pan-americanos Rio 2007 e Toronto 2015. “O PCA está sendo fundamental nessa transição por entender melhor como vai funcionar, entender que uma hora vou ter que parar e já me programar. Sabia o que queria, mas não tinha a direção. E isso é o que tive aqui”, completou.

A sétima edição do PCA que foi lançada em junho e terminou com este III módulo, está atendendo 13 atletas selecionados por um processo de seletivo nacional. Além de Digo e Keila, foram contemplados: Bruno Nolasco (Polo Aquático); Carlos Honorato (Judô); Fabiana Silva (Badminton); Joana Ribeiro (Atletismo); Joel Monteiro (Voleibol); Joice Silva (Wrestling); Juciely Silva (Voleibol); Kátia Monteiro (Voleibol); Lucianne Maia (Polo Aquático); Rosane Santos (Levantamento de Pesos); Sarah Menezes (Judô).

“Para mim, o PCA está superando minhas expectativas. Acho que fiz no momento certo, depois que parei de competir e abri meu próprio negócio. Tudo que eu aprendo, eu já utilizo. O conhecimento que a gente obtém e não pratica, acaba se perdendo. Quando tem uma palestra como essa do empreendedorismo hoje, eu já vejo o que estou errando no meu e já aplico uma solução. Enfim, o programa vem contribuindo de forma bem positiva”, completou Diogo, medalhista de ouro nos Jogos Pan-americanos Rio 2007, na Universíade 2009 e nos Jogos Mundiais Militares 2011.

O PCA é uma iniciativa do COB que visa dar suporte ao atleta em sua formação global. Com abrangência nacional, o Programa se desenvolve por meio de um curso que conduz uma série de atividades voltadas à preparação para a Transição de Carreira do atleta.

O Programa de Carreira do Atleta (PCA) foi lançando em 2011 e já atendeu 45 atletas entre medalhistas olímpicos e mundiais, dos quais participaram no total de 472 sessões de coaching e receberam 30 bolsas de estudos para realizar cursos de capacitação, graduação e pós-graduação. 

Entre os medalhistas olímpicos e mundiais que já passaram pelo IOB estão Fabi Alvim (vôlei), Emanuel Rego (vôlei de praia), Adriana Behar (vôlei de praia), Yane Marques (pentatlo moderno), Daiane dos Santos (ginástica artística), Maurren Maggi (atletismo), Nalbert Bitencourt (vôlei), Fabíola Molina (natação) e Natalia Falavigna (taekwondo).

Foto: Guilherme Taboada/COB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes